Corinthians perde para o Náutico e Carpegiani balança

Zaga falha e time pernambucano vence por 3 a 0; equipe paulista não vence há sete jogos

22 de julho de 2007 | 17h53

Sete jogos sem vencer. Este é o saldo do Corinthians, que neste domingo foi derrotado pelo ex-lanterna Náutico, por 3 a 0, em pleno Morumbi, pela 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado pode custar o emprego do técnico Paulo Cesar Carpegiani, afinal a equipe continua na zona do rebaixamento, com 14 pontos.   Veja também: A classificação da Série A   A equipe pernambucana conseguiu sua segunda vitória no campeonato - a primeira fora de casa -, soma 10 pontos e deixou a lanterna da tabela nas mãos do Flamengo, que tem apenas 8 pontos.   Desorganizado em campo, o Corinthians passou sufoco o tempo todo. Em pouco mais de 20 minutos de jogo, o Náutico - que tinha apenas Ferreira como atacante fixo - ameaçou o gol de Felipe três vezes.   Além de não estar bem armado em campo - com três zagueiros marcando apenas um atacante e sem lateral-direito de ofício - o Corinthians sofreu com a má atuação individual de sua zaga.   Depois de três passes errados no campo de defesa, que não foram aproveitados pelos adversários, Fábio Ferreira cometeu seu pior erro aos 43, quando tentou recuar uma bola cruzada para o goleiro Felipe. O atacante Ferreira aproveitou o recuo curto para desviar de cabeça e marcar 1 a 0. "Foi só uma falta de comunicação", comentou o zagueiro, ao final do primeiro tempo. As falhas continuam No segundo tempo, os times mudaram de lado, mas a zaga do Corinthians parece não ter percebido. Aos 20, Sidiny cruzou rasteiro, Betão tentou cortar, mas acabou batendo contra o próprio gol. A bola foi no cantinho, bateu na trave e tirou qualquer chance de defesa de Felipe.   O golpe de misericórdia do Náutico veio em cima da marca dos 45. Acosta lançou nas costas de Zelão, que ficou só olhando Felipe chutar de fora da área, no canto esquerdo do goleiro, não teve chance de evitar.   Na próxima rodada, o Corinthians visita o Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli, na quarta-feira. No mesmo dia, o Náutico recebe o Grêmio, nos Aflitos.   Antes, na terça-feira, a direção do Corinthians faz uma reunião para decidir sobre a continuidade do mandato do presidente Alberto Dualib.   CORINTHIANS 0 x 3 NÁUTICO   Corinthians - Felipe; Fábio Ferreira, Zelão e Betão; Rosinei, Ricardinho   , Willian   , Marcelo Oliveira    e Wellington (Bruno Bonfim); Arce (Wilson) e Finazzi (Júnior Negão). Técnico: Paulo Cezar Carpegiani.   Náutico - Eduardo; Onildo (Amilton  ), Toninho e Breno; Sidny, Elicarlos, Tales, Acosta, Júlio César (Felipe) e Daniel Paulista   ; Ferreira (Deleu). Técnico: Roberto Fernandes.   Gols - Ferreira, aos 43 minutos do primeiro tempo; Betão (contra), aos 20, e Felipe, aos 45 minutos do segundo tempo.Árbitro - Paulo Henrique de Godoy Bezerra (SC).Renda - R$ 188.677 Público pagante - 17.937Local - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.