Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Corinthians pode economizar R$ 10 milhões em 2020 com saídas de Ralf e Jadson

Tiago Nunes anunciou que não conta com os jogadores na temporada e agora diretoria tenta negociá-los

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de janeiro de 2020 | 04h30

O Corinthians pode economizar cerca de R$ 10 milhões neste ano com as saídas do volante Ralf e do meia Jadson. Os jogadores foram dispensados pelo técnico Tiago Nunes e aguardam propostas de outros times para serem negociados.

Ambos ainda têm contrato com o clube alvinegro até o final do ano. Portanto, existe também a possibilidade de a diretoria negociar o empréstimo e pagar parte do salários desses jogadores.

Ralf, de 35 anos, teve duas passagens pelo Corinthians. No total, disputou 419 jogos, marcou nove gols e conquistou oito títulos, entre eles a Libertadores e o Mundial e Clubes, ambos em 2012. Jadson, de 36 anos, também teve duas passagens. Fez 230 partidas, com 50 gols. Ele é tricampeão paulista e bicampeão brasileiro pelo clube. 

O planejamento inicial feito pela diretoria era de os dois jogadores treinarem no CT com o restante do elenco a partir de quarta-feira. Apenas Jadson compareceu. Ralf foi liberado para treinar por conta própria. O volante tem como um dos possíveis destinos o Cruzeiro. O clube mineiro negocia o empréstimo por uma temporada com o Corinthians pagando parte do salário. 

O Corinthians fechou o ano com déficit de R$ 144,8 milhões. Para evitar fechar mais um ano no negativo, a diretoria projetou cortar cerca de R$ 60 milhões da folha salarial. Por isso Jadson e Ralf devem deixar a equipe.

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansJadsonRalf

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.