Alex Silva/ Estadão
Alex Silva/ Estadão

Corinthians pode iniciar temporada jogando no Pacaembu

Troca de gramado ameaça time de estrear em 2018 longe de sua casa e estádio municipal seria uma alternativa

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

05 Outubro 2017 | 07h00

O Corinthians pode iniciar 2018 mandando seus jogos longe de sua arena em Itaquera, na zona leste da capital. O estádio terá a troca do gramado e por causa da antecipação do início do Paulistão, existe a possibilidade de o clube jogar primeiras rodadas em outro local, possivelmente o Pacaembu

+ Jô e Paulo Roberto não vão ao gramado, mas devem reforçar o Corinthians

Os responsáveis pela arena tratam o assunto com cautela. “Não vamos pensar nesse tema agora. Depois que os trabalhos de revitalização do campo forem iniciados, a empresa responsável nos passará um relatório sobre a evolução e resposta do gramado, aí sim pensaremos nessa possibilidade”, disse Lúcio Blanco, gerente de operações da Arena Corinthians, em entrevista ao Estado

Embora faça o último jogo na arena apenas no dia 25 ou 26 de novembro, contra o Atlético-MG, o gramado só será trocado depois do dia 16 de dezembro, quando a arena receberá um show de acrobacias com caminhões, o Monster Jam Brasil. O evento, inclusive, só vai acontecer na arena porque já estava definido a troca da grama.

Por causa da Copa do Mundo do ano que vem, os estaduais começarão mais cedo e no dia 17 de janeiro o Paulistão terá a 1.ª rodada. “A programação para revitalização do gramado será mantida, independente da mudança da data de início do estadual”, disse Blanco.

A grama da arena será trocada por causa do desgaste do terreno, que já causou críticas dos atletas recentemente. O goleiro Cássio foi um dos que já questionaram a qualidade do gramado. Blanco prefere não prever uma data para que o estádio tenha totais condições de voltar a receber jogos. “Não dá para prever um período para troca, até porque nosso tipo de grama é único no País e ainda estamos aprendendo com esse processo”, informou o administrador do estádio.

A diretoria do Corinthians ainda espera para saber se realmente precisará mandar jogos fora de casa. Caso tenha que atuar longe de seus domínios, o clube deverá alugar o Pacaembu para as partidas, algo que Palmeiras e São Paulo farão nas próximas rodadas do Brasileirão, por causa de shows e eventos em seus estádios.

+ Corinthians quer mostrar que arena não é só um estádio de futebol

 Não jogar em sua casa pode ser prejudicial financeiramente. Para jogar no estádio municipal, o Corinthians terá que pagar aluguel e, caso o público não seja tão bom, lucrará muito pouco ou pode até ter prejuízo. Já na Arena, a tendência é um público bem maior e a renda ajuda no pagamento da obra. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.