Daniel Augusto Jr|Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr|Agência Corinthians

Corinthians pode jogar final com a Ponte Preta sem patrocinador master

Clube estuda a possibilidade de fazer acordos pontuais com empresas

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

27 de abril de 2017 | 10h30

Sem patrocínio master desde o término do contrato com a Caixa Econômica Federal, na primeira quinzena de abril, o Corinthians pode disputar a decisão do Campeonato Paulista contra a Ponte Preta sem uma marca no lugar mais nobre do uniforme. 

A Caixa patrocinou o clube entre 2012 e 2017. O Corinthians queria receber os mesmos R$ 30 milhões/ano pagos até abril, mas o banco pediu redução do valor para R$ 18 milhões. Sem entendimento, o negócio foi encerrado e o clube vai atrás de outras empresas.

Representantes do marketing do Corinthians já tiveram conversas com algumas empresas, mas a preocupação é não desvalorizar a camisa alvinegra. Por isso, a ideia inicial é firmar vínculo longo com uma marca, porém, faturar com a decisão do Paulista é visto como algo benéfico.

O clube não descarta a possibilidade de fechar patrocínios pontuais para os jogos contra a Ponte Preta. A ideia é oferecer o espaço da camisa para empresas que têm planos de se tornar patrocinador master por um período maior ou então para marcar que já exibem seus nomes no uniforme alvinegro, mas em outras partes.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.