Divulgação
Divulgação

Corinthians pode ser campeão já na próxima semana, no Itaquerão

Em cenário mais cauteloso, a taça viria em casa, contra o São Paulo

O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2015 | 15h22

Faltando seis rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, os torcedores do Corinthians já fazem as contas para o sexto título nacional. Considerando o desempenho atual da equipe, o Corinthians pode ser campeão com quatro rodadas de antecedência (34ª rodada), no cenário mais otimista, ou com duas rodadas de antecipação (36ª rodada).

De acordo com o site Infobola, o Corinthians tem 96% de chances de ser campeão brasileiro. O Atlético-MG tem apenas 4%. Para o cálculo, são considerados o mando de campo dos jogos e o retrospecto das equipes na competição. O sistema de cálculo permite comparar os clubes não apenas pela pontuação ou aproveitamento, mas também pela dificuldade dos jogos de cada equipe, avaliada em função dos adversários e do fator local.

Veja duas possibilidades de título do Corinthians:

Cenário otimista: Corinthians conquista o título na 34ª rodada

Nessa simulação, o Corinthians teria de abrir mais cinco pontos em relação ao Atlético-MG, levando a diferença dos atuais oito pontos para 13. Com mais 12 pontos em disputa nas quatro últimas rodadas, o time mineiro não conseguiria mais alcançar o Corinthians. Para isso acontecer, o líder tem de vencer o próprio Atlético Mineiro no confronto direto de domingo e o Coritiba, no dia 7 de novembro. O time mineiro, por sua vez, teria de tropeçar contra o Figueirense (fora de casa).

Nessa suposição, no entanto, os corintianos teriam de esperar 24 horas para comemorar o título, pois a tabela marca o jogo do Corinthians contra Coritiba o noite de sábado (7/11) e o do Atlético para a tarde de domingo (Figueirense, fora de casa). Se conseguir ser campeão na 34ª rodada, o Corinthians vai igualar os feitos do São Paulo (2007) e Cruzeiro (2013).

Cenário realista: Corinthians conquista o título na 36ª rodada

Considerando que Corinthians e Atlético Mineiro empatem domingo e vençam os seus jogos nas próximas rodadas, ou ainda se tiverem resultados iguais, a diferença seria mantida nos atuais oito pontos. Ao chegaram à 36ª rodada, faltando duas para o final do torneio, com seis pontos em disputa, o Atlético não teria mais com alcançar o Corinthians, que confirmaria matematicamente o sexto título nacional de sua história. A taça seria erguida diante do arquirrival São Paulo – a partida está marcada para a Arena Corinthians (22 de novembro).

Nessa hipótese também podem ser consideradas a oscilação da vantagem corintiana de uma rodada para a outra, mas sua manutenção acima dos seis pontos até a 36ª rodada. Por exemplo: o Corinthians perde para o Atlético, mas vence o Coritiba enquanto que o Galo perde para o Figueirense. Nesse caso, a diferença cairia para cinco pontos, mas na rodada seguinte voltaria para oito. O mesmo raciocínio vale para a rodada seguinte, quando o Corinthians vai enfrentar o Vasco enquanto o Atlético pega o São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.