Corinthians promete não liberar Liedson

Nesta terça-feira, enquanto Liedson e seus representantes arrumavam as malas e se preparavam para viajar para Lisboa, onde o atacante tentaria fechar negócio com o Sporting, os advogados do Corinthians elaboravam um documento chamado "contra-notificação", que foi encaminhado ao Prudentópolis. Os corintianos garantem que não vão liberar o jogador enquanto todas as dúvidas em relação à negociação não forem esclarecidas.Na ação, os representantes do clube paulista notificam os paranaenses de que a forma como o Corinthians foi informado sobre a proposta do Sporting, na segunda-feira, não está correta. Entre outras justificativas, está o fato de o documento não ter sido assinado pelo presidente do Prudentópolis, João Alberto Ituarte (que também é empresário de Liedson), além do valor ser diferente do que foi divulgado na Europa. Além disso, o Coritiba, que detém 30% dos direitos sobre o atleta, não deu aval à negociação. Do ponto de vista corintiano, o prazo para que o clube se manifeste em relação ao interesse de ficar com o atacante ainda não expirou.

Agencia Estado,

26 de agosto de 2003 | 20h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.