Rodrigo Coca/Ag Corinthians
Rodrigo Coca/Ag Corinthians

Corinthians quer aproveitar dias sem jogos para aprimorar físico e entrosamento

Com o clássico com o Palmeiras adiado, time alvinegro terá período importante para amenizar desgaste e fazer ajustes na equipe

Fábio Hecico, Estadão Conteúdo

11 de fevereiro de 2022 | 08h39

Líder com ampla folga do Grupo A do Paulistão, com 10 pontos diante de cinco da Inter de Limeira, a segunda colocada, o Corinthians terá um importante período sem jogos para aprimorar ainda mais o físico e o entrosamento. Com o clássico com o Palmeiras adiado do fim de semana por causa da disputa do Mundial por parte do arquirrival, a equipe só volta a campo na quarta-feira, diante do São Bernardo, mais uma vez em casa.

Essa folga da tabela será importante para o clube trabalhar o desgaste físico do elenco — Fagner até sentiu um desconforto na coxa e será reavaliado nesta sexta-feira — e para o técnico-interino Fernando Lázaro seguir inserindo suas ideias na equipe enquanto o novo treinador não chega.

"Estamos em início de temporada ainda e os jogadores só agora estão retomando seu padrão", enfatiza Lázaro. "Acredito que eles têm muito a evoluir. Atingindo uma melhor condição, pois são jogadores de qualidade, passando a entrar mais nas partidas com essa melhora na condição física, suportando mais, vamos crescer. É uma questão natural da evolução, para o time se impor melhor nos jogos."

Diante do Mirassol, Lázaro apostou em um esquema sem centroavante fixo e testou Giuliano como ponta pela direita. O time mostrou velocidade, realizou boas tramas, faltando aprimorar o último passe, algo que será trabalhado com o tempo livre. No segundo tempo, o time acabou acusando o desgaste na reta final e o descanso também será bem vindo.

Quem pode aproveitar bem esses dias é o meia Willian, que iniciou o ano sentindo o desgaste muscular, sofreu com a covid-19 e acabou perdendo alguns jogos, acabando na reserva. Jô também sofreu com o vírus e ainda carece de mais fôlego.

"Willian tem entrado bem nos jogos, participado bem e é uma etapa natural, ainda estamos no início de temporada. Ele teve início de pré-temporada com covid, mas ao longo dos dias está ganhando condição e evoluindo, tem suportado melhor e entrando nos jogos vai adquirindo confiança e possibilidade de tempo maior a cada partida", observa Lázaro, sem definir quanto o terá desde o início. "Quando será titular não posso precisar."

Paulinho começou os últimos dois confrontos e a pausa servirá de descanso. Para Róger Guedes será um período para se acalmar e aprimorar a pontaria, falha nessas cinco rodadas. "Acho que o Róger fez um jogo muito bom, é atleta que nesta função colabora demais na estratégia de jogo, ajuda defensivamente, e tende a crescer ainda mais."

Ciente que o clube pode anunciar um substituto de Sylvinho a qualquer momento, Fernando Lázaro prefere não falar em efetivação, tampouco fazer longos prognósticos. Para ele, o presente é o próximo jogo.

"Estamos trabalhando o dia a dia, sem pensar na estreia da Libertadores, pois tem muito espaço ainda. É pensar no próximo jogo", diz. "Nessa etapa, estamos colaborando com os atletas, em fim de pré-temporada ainda, com um mês do retorno das férias, para seguirem ganhando ritmo. E eles estão conseguindo suportar mais tempo em campo. Isso na chegada do treinador vai ser um ganho."

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato PaulistafutebolCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.