Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians quer aproveitar viagem aos EUA para contratar Henrique Dourado

Encontro entre dirigentes do clube paulista e do Fluminense pode agilizar a negociação

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

09 Janeiro 2018 | 07h01

A disputa da Florida Cup pode servir muito mais do que uma forma do técnico Fábio Carille preparar a equipe do Corinthians  visando a temporada de 2018. A diretoria alvinegra espera aproveitar a presença do Fluminense na competição para negociar a contratação do atacante Henrique Dourado. Nos bastidores do clube paulista, a confiança em um acerto é grande. 

+ Podcast Corinthians: O que esperar do time para 2018?

O time carioca deve chegar aos EUA nesta terça-feira. Inclusive, está marcado um evento em que os presidentes de Corinthians e Fluminense, Roberto de Andrade e Pedro Abad, respectivamente, estarão presentes. A expectativa no lado corintiano é aproveitar a proximidade para tratar do assunto e tentar agilizar um acerto. 

Inicialmente, o Fluminense não tem interesse em fazer troca de jogadores. Quer que o Corinthians pague algo por Dourado, o que acaba dificultando a situação, mas a confiança em um acerto é grande. O clube paulista quer aproveitar o dinheiro recebido pela venda de Jô para contratar um jogador de peso para a posição. Júnior Dutra foi contratado, mas ainda não é o nome ideal na visão da comissão técnica. 

Outro do Fluminense que também deve chegar é o zagueiro Henrique. Neste caso, porém, ele está acertando a rescisão de contrato com o clube carioca para ficar livre e assinar com o clube paulista. A expectativa é que tudo seja acertado até o começo da semana que vem. 

Um terceiro jogador que pode chegar do Flu, mas em uma negociação muito mais complicada é Gustavo Scarpa. O meia entrou na Justiça contra o clube e tenta conseguir ficar livre. Neste caso, além de ter que esperar pelo desfecho da briga judicial, existem muitos concorrentes de olho no jogador. 

 

Mais conteúdo sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.