Corinthians quer definir classificação no primeiro jogo

Técnico Mano Menezes mantém esquema ofensivo para derrotar São Caetano nesta terça pela Copa do Brasil

Fábio Hecico, O Estado de S. Paulo

05 de maio de 2008 | 22h53

O Corinthians quer definir a classificação para as semifinais da Copa do Brasil no primeiro jogo contra o São Caetano, nesta terça-feira, às 21 horas, no Morumbi, com acompanhamento do estadao.com.br. O objetivo do técnico Mano Menezes é aproveitar o embalo pela boa vitória sobre o Goiás, na semana passada, quando o time abriu 4 a 0 em apenas 30 minutos de jogo, e obter a maior vantagem possível para o jogo de volta, que ainda não tem lugar definido - o São Caetano sugeriu jogar a segunda partida também no Morumbi, mas a CBF ainda não se manifestou.  Veja também:  São Caetano e Corinthians farão 2.º duelo em Ribeirão Preto  Calendário e resultados da Copa do Brasil O Corinthians vai embalar contra o São Caetano? A teoria é animadora, mas o retrospecto contra o time do ABC não é dos mais animadores: são apenas três vitórias em 19 partidas contra o São Caetano, com 11 derrotas e cinco empates. Por isso, atacar é preciso - mas se defender com cuidado, também. "Não podemos errar como fizemos com o Goiás em Goiânia", ressalta Mano. Naquela derrota por 3 a 1, dois gols foram "dados" de presente pelos marcadores. "Eles nos conhecem e são perigosos", diz. No Paulista, o São Caetano aplicou 3 a 1 no Corinthians, na primeira derrota sob o comando de Mano Menezes. "A verdade é que precisamos de um placar para podermos administrar na volta. Mas também t  CorinthiansFelipe; Carlos Alberto, Chicão, William e André Santos; Fabinho, Perdigão, Lulinha e Diogo Rincón; Herrera e DentinhoTécnico: Mano Menezes São CaetanoJúlio César; Lino, Leonardo e Aderaldo; Dede, Daniel, Galiardo, Rafinha e Rodrigo Ninja; Caiuby e LuanTécnico: PintadoÁrbitro: Rodrigo Braghetto (SP)Estádio: Morumbi, em São PauloHorário: 21 horasRádio: Eldorado/ESPN - AM 700 KhzTV: SporTVemos de saber que não estamos precisando vencer de 3 a 0 e sair com tudo." O treinador definiu aproveitou para definir como "exceção" os 4 a 0 no Goiás, para conter a euforia de sua equipe. A torcida, no entanto, se anima: até esta segunda-feira já haviam sido vendidos 32.500 ingressos. "A confiança da torcida nos ajuda. E na Copa do Brasil todo time tem de saber usá-la", prega o meia Diogo Rincón. TERAPIAAzarão, pedra no sapato... Após uma palestra na qual procurou mexer com o psicológico de seus jogadores e mostrar a eles ser possível reverter a vantagem de dois gols do Goiás, mais uma vez Mano apela para a terapia de grupo. Ver os comentários de que o São Caetano sempre apronta para seu time o deixou assustado pelo fato de alguns jogadores só falarem sobre isso. "É um erro achar que não se pode ganhar porque o rival é enjoado. Temos capacidade e vou passar isso a eles." Mano obviamente gostou da força apresentada nos 4 a 0 sobre o Goiás e manterá a escalação inicial daquele jogo. O nome de Eduardo Ramos, ex-Anápolis, apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e o meia fará sua estréia no decorrer da partida. Lulinha, finalmente aclamado pela torcida, começa como titular.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansSão CaetanoCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.