Corinthians quer Passarella como diretor

Apesar de ter demitido o técnico Daniel Passarella, o Corinthians ofereceu ao argentino o cargo de diretor internacional do clube. Dessa maneira, não precisaria pagar a multa de US$ 1 milhão pela rescisão contratual. Ele ficou de dar a resposta ao convite numa reunião marcada para esta quarta-feira.Segundo Andrés Sanchez, vice-presidente de futebol do Corinthians, alguns nomes já foram discutidos internamente para substituir Passarella no comando do time. ?Mas ainda não há nada oficial?, garantiu. E existe até a possibilidade do interino Márcio Bittencourt ser efetivado. ?No futebol tudo pode acontecer. Ele tem a semana inteira para trabalhar. Vamos ver?, disse o dirigente.Em entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira, Andrés Sanchez não quis adiantar se o goleiro Fábio Costa será reintegrado ao grupo - afinal, ele foi afastado justamente por Passarella, na semana passada. ?Ainda vamos conversar sobre isso?, revelou o vice-presidente de futebol do Corinthians.Substituto - Apesar de Márcio Bittencourt, que foi volante do Corinthians na década de 90, ter assumido o time interinamente, os dirigentes do clube e da MSI procuram um novo técnico. O preferido é Emerson Leão, que deixou o São Paulo após o Campeonato Paulista e está no Japão - foi para o Vissel Kobe. Mas está difícil convencê-lo a voltar para o Brasil agora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.