Corinthians quer reforços dos rivais

Nos últimos tempos, uma das principais características do Corinthians foi a de reforçar-se com grandes destaques dos maiores rivais em São Paulo. O fenômeno pode estar se repetindo agora, quando os principais alvos do clube são jogadores de São Paulo, Santos e Palmeiras. O goleiro são-paulino Rogério Ceni se indispôs com a diretoria de seu clube ao exigir um reajuste em seu salário. O Corinthians seria um dos interessados em sua contratação. O colombiano Córdoba, goleiro do Boca Juniors, também poderia substituir Maurício, que preferiu evitar polêmica. "Vou continuar trabalhando normalmente, quem decide tudo é a diretoria." O atacante Deivid jogou pelo Santos no ano passado e só não fechou com o Alvinegro porque a equipe santista entrou com um recurso na Confederação Brasileira de Futebol exigindo o recebimento de metade do passe do jogador, pertencente ao Nova Iguaçu. "Houve contato com o jogador", confirmou Luxemburgo. Já o lateral-esquerdo Felipe, que atuou pelo Palmeiras no primeiro semestre, é outro nome que pode ser contratado. Ele viria para a vaga do volante André Luiz, que apareceu no treino de hoje, mas deve ir mesmo para o Tenerife, dono de seu passe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.