Daniel Augusto Jr|Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr|Agência Corinthians

Corinthians quer zagueiro, mas tem mercado escasso 

Clube não pode buscar reforço fora do Brasil, pois a janela para chegadas de jogadores se encerrou nesta semana

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2017 | 07h00

A contratação de zagueiro estava nos planos da diretoria do Corinthians, mas não era considerado uma extrema necessidade. Com a lesão de Pablo, que ficará longe dos gramados por seis semanas, isso se torna algo mais imediato. O problema, porém, é que o mercado está bem mais escasso do que há dias atrás.

A janela de transferências para atletas que jogam no exterior fechou na quinta-feira. Assim, a diretoria corintiana só pode recorrer a atletas que fizeram menos de sete jogos na Série A, sem clube ou que estão em divisões inferiores (Séries B, C e D).

A ideia dos dirigentes e da comissão técnica era contratar um zagueiro que aparecesse como bom reserva para Pablo e Balbuena. Além dos dois, Carille conta ainda com Pedro Henrique - que será o titular até a volta de Pablo -, Léo Santos e Vilson.

Vilson se recupera de uma artroscopia no joelho esquerdo, realizada em março, mas ainda não tem previsão para retornar aos gramados. "Ele está em processo de transição. Vamos esperar mais um tempinho para passar para a parte da preparação física. Ele ainda sente um certo incômodo e estamos tentando resolver isso", explicou  médico do clube, Júlio Stancati.

Recentemente, o Corinthians negociou com Anderson Martins e Leandro Castán, mas o primeiro se transferiu para o Vasco e o segundo continua na Roma. 

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.