Divulgação
Divulgação

Corinthians receberá R$ 1 milhão para jogar em Cuiabá, quarta-feira

Diretoria leva partida contra o Vitória para a Arena Pantanal, pelo Brasileirão, e a expectativa de público é de 30 mil pessoas

Vítor Marques, O Estado de S. Paulo

21 de outubro de 2014 | 07h00

O Corinthians vai receber R$ 1 milhão para jogar nesta quarta-feira na Arena Pantanal, em Cuiabá, contra o Vitória. A partida será disputada longe do Itaquerão para cumprir punição imposta pelo STJD por causa da briga entre torcedores do próprio clube no clássico do dia 21 de setembro contra o São Paulo.

A punição obrigava o clube a mandar uma partida a pelo menos 100 quilômetros de distância da capital. Havia opções mais próximas, mas as novas arenas se transformaram numa opção lucrativa. A expectativa de público gira em torno de 30 mil pessoas.

Ao negociar a venda do mando, o Corinthians ameniza o fato de não poder jogar em seu estádio, onde as rendas têm superado com facilidade a marca de R$ 1 milhão. A diretoria chegou a entrar com efeito suspensivo para poder continuar jogando em sua arena até o julgamento do recurso, mas depois voltou atrás e optou por jogar em Cuiabá uma partida considerada menos importante.

Por causa da punição e da sequência de jogos fora de casa, o Corinthians vai completar quase um mês longe do Itaquerão. O próximo jogo como mandante está marcado para o dia 2 de novembro, contra o Coritiba.

O time viaja nesta terça-feira pela manhã para Cuiabá. No início da noite, às 19h30 de Brasília, Mano Menezes comandará um treinamento na Arena Pantanal.

Ralf treinou com os reservas e está recuperado das dores no joelho direito. Ele não atua há sete partidas. A tendência, no entanto, é que comece o jogo no banco de reservas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.