Rodrigo Antunes/EFE
Rodrigo Antunes/EFE

Corinthians receberá R$ 450 mil pela venda de Felipe ao Atlético de Madrid

Zagueiro foi negociado pelo Porto para o clube espanhol e o time alvinegro receberá 0,5% por ser formador

João Prata, O Estado de S.Paulo

29 de maio de 2019 | 04h30

A transferência do zagueiro Felipe para o Atlético de Madrid por 20 milhões de euros (cerca de R$ 90 milhões) renderá ao Corinthians 0,5%, cerca de 100 mil euros ou R$ 450 mil. Mas o valor poderia ter sido bem mais alto.

O Corinthians vendeu 75% dos direitos do jogador ao Porto em 2016 por 6 milhões de euros (R$ 24 milhões na cotação da época). Felipe foi para o clube português. Meses depois, em vez de o clube paulista ficar com o restante da porcentagem para lucrar em uma venda futura, a diretoria optou por negociar os 25% restantes também com o Porto por dois milhões de euros.

 

Felipe atuou três temporadas pelo Porto e foi negociado com o Atético de Madrid, que procura um substituto para o uruguaio Godín. Os valores da negociação foram divulgados pelo Porto em seu site oficial. Se mantivesse os 25%, o Corinthians teria recebido cerca de R$ 22 milhões. O 0,5% que o clube brasileiro receberá é apenas por ser o clube formador.

Depois de defender o União Mogi e o Bragantino, o zagueiro foi contratado pelo Corinthians em 2012, quando tinha 23 anos, data limite para que um clube seja considerado formador. Os clubes formadores recebem 0,5% de qualquer negociação de um jogador que tenham revelado. O valor é pago pela Fifa como mecanismo de solidariedade.  

Felipe defendeu o Corinthians entre 2012 e 2016. No total, disputou 116 jogos e marcou oito gols. Nas conquistas da Libertadores e do Mundial em seu primeiro ano ele ainda era reserva. O zagueiro se tornou titular na campanha do título brasileiro de 2015 e formou dupla com Gil, que está próximo de retornar ao Corinthians.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.