Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians recusa proposta de time de Fábio Carille para levar Rodriguinho

Clube saudita ofereceu 5 milhões de euros pelo jogador

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

17 de julho de 2018 | 07h00

O Corinthians recusou uma proposta de 5 milhões de euros (R$ 22,6 milhões) para negociar Rodriguinho com o Al-Wehda, da Arábia Saudita, clube que tem Fábio Carille como treinador. Os sauditas nem chegaram a conversar com o jogador, já que o time brasileiro recusou qualquer conversa por esses valores. 

+ Corinthians e Fluminense ajustam detalhes para 'trocar' Júnior Dutra por Douglas

+ Fagner admite que pode deixar o Corinthians, mas nega propostas oficiais

+ Fagner volta ao Corinthians e deve encarar o Botafogo na quarta

Os dirigentes do Corinthians estão dispostos a negociar o jogador, mas acharam o valor muito baixo. Na visão dos corintianos, Rodriguinho não pode ser vendido por um valor menor do que Maycon foi para o Shakhtar Donetsk (6,6 milhões de euros) e até Petros, do São Paulo, acabou sendo usado como referência. O são-paulino foi negociado por cerca de R$ 22 milhões. 

Sempre que perguntado sobre a possibilidade de sair, Rodriguinho afirma que quem tiver interesse em seu futebol, precisará conversar com o Corinthians antes de fazer uma proposta para ele. A expectativa é que uma nova oferta do futebol asiático chegue, mas ainda não há nada confirmado.

Até o momento, o Corinthians negociou três titulares: Balbuena, Sidcley e Maycon e o reserva Kazim. Além de Rodriguinho, o lateral-direito Fagner e o goleiro Cássio também são nomes sondados para deixar o clube, após fazerem parte da delegação brasileira que disputou a última Copa do Mundo.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansRodriguinhoFábio Carille

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.