Corinthians: reforços cada vez mais distantes

O Corinthians, que perdeu Liedson e Fábio Luciano para o futebol ucraniano e turco, respectivamente, está tendo muita dificuldade para conseguir reforços. O prazo de inscrição para o Campeonato Brasileiro termina no dia 30. ?Queremos um meia e dois atacantes. Um dos atacantes já está com a negociação bem encaminhada?, diz Antônio Roque Citadini, vice-presidente de Futebol.As primeiras investidas foram em vão. Ramón, do Verdy Tokio, e Robert, do Consadole Sapporo, da Segunda Divisão do Japão, ganham salários proibitivos. Ramón tem contrato de US$ 1,8 milhão por ano (R$ 420 mil mensais) e Robert, de US$ 800 mil (R$ 186 mil por mês), bem mais do que o Corinthians paga a seus titulares. Agora, há a possibilidade de tentar Roger, ex-Fluminense e hoje no Benfica, de Portugal.Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

17 de julho de 2003 | 10h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.