Corinthians: Regime a base de pão e massa

Os jogadores do Corinthians enfrentarão a maratona de sete jogos em 18 dias a pão e massa. É apostando numa alimentação rica em carboidrato, sobretudo após os jogos, que a comissão técnica do Parque São Jorge espera recuperar seus atletas na temporada. E a tempo para o próximo compromisso. O calendário do Brasileirão e da Sul-Americana impõe ao clube um jogo a cada dois dias e meio ? 60 horas. E não há elenco que resista.?A melhor maneira de recuperar o atleta é oferecer uma alimentação adequada, sobretudo após os jogos. Pão e massa são fontes ricas em carboidrato, exatamente o que mais precisam para repor a energia rapidamente, depois do desgaste físico?, disse o preparador físico Fábio Massaredjan.Outras medidas foram adotadas para essa fase. Uma delas é concentrar o elenco com um dia de antecedência. O grupo dorme junto nesta quarta para a partida de quinta contra o Santos na Vila Belmiro.Também já foram adotados os trabalhos físicos individualizados. Trabalha mais quem cansa menos. Trabalha menos quem cansa mais. Nesta terça, os meias Rosinei e Roger ficaram fora dos exercícios de finalização. O treino durou quase 40 minutos. ?Preferi que fizessem alongamentos e descansassem um pouco mais. Será assim daqui para frente?, explicou Massaredjan.O técnico Antônio Lopes fez um trabalho tático e técnico. Formou a equipe com Coelho na lateral direita. Ele jogará, caso Eduardo Ratinho não tenha condições. O titular teve um trauma no tornozelo direito e segue em tratamento médico. Nada mais sério foi acusado nos exames. E Wendel ganhou a vaga de Marcelo Mattos, suspenso. Lopes espera por Tevez e Gustavo Nery, que jogam nesta quarta pelas Eliminatórias.

Agencia Estado,

11 de outubro de 2005 | 20h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.