Corinthians reinicia treinos ?enxuto?

O Corinthians finalmente conseguiu "enxugar" o elenco para a temporada. Dos 33 jogadores que se apresentaram ao técnico Carlos Alberto Parreira na quinta-feira, nove já estão fora dos planos, ao menos temporiamente. Se ficassem no Parque São Jorge, dificilmente seriam aproveitados. Neste domingo, a diretoria acertou o empréstimo do volante Rodrigo Pontes para o Santa Cruz. Ele atuará no clube pernambucano até julho. "Sou profissional desde 1999, mas não tive muita oportunidade aqui. Agora terei condição de mostrar meu futebol e voltar para o Parque São Jorge em outra situação", ressaltou.Durante a semana, a diretoria havia emprestado por um ano o goleiro Renato e o atacante Fernando Baiano para o Internacional, de Porto Alegre. No sábado, foi a vez do goleiro Gléguer deixar o clube para atuar no Cruzeiro, por seis meses. Pelo mesmo prazo, a diretoria acertou o empréstimo de cinco jogadores para o Americano de Campos, todos formados no clube: o atacante Neto, o meia Andrezinho, o zagueiro Marcelo, o goleiro Yamada e o volante Wellington.Com a saída desses jogadores, Parreira deverá levar nesta segunda-feira à tarde 24 atletas para Serra Negra, onde a equipe vai treinar até a véspera da estréia no Rio-São Paulo, dia 20, contra o Fluminense. Batata tenta renovar contrato, pois Parreira antecipou que gostaria de contar com o zagueiro no elenco.Durante a semana, a diretoria do Corinthians e do Flamengo deverão voltar a conversar para estudar a possibilidade de um troca-troca. Uma das propostas seria Vampeta (que voltaria para o Parque São Jorge) por Rogério. A contratação de Petkovic pelo Corinthians, também não está descartada.Em um possível acordo, o Alvinegro perdoaria os US$ 2,25 milhões que o Flamengo lhe deve como parte da transferência de Edílson. Assim, o atacante Reinaldo não teria nehum problema para jogar pelo São Paulo. O passe havia sido dado como garantia de pagamento na negociação envolvendo Edílson.

Agencia Estado,

06 de janeiro de 2002 | 19h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.