Divulgação
Divulgação

Corinthians renova com a Caixa por 12 meses e R$ 30 milhões

Novo vínculo coloca banco somente na parte frontal do uniforme

Estadão Conteúdo

13 de abril de 2016 | 11h18

O Corinthians anunciou nesta quarta-feira que fechou um acordo com a Caixa Econômica Federal para ser a patrocinadora master do seu uniforme. O novo contrato com o banco estatal é de 12 meses e renderá R$ 30 milhões ao clube paulista, de acordo com a nota oficial divulgada.

O logo do banco volta ao uniforme corintiano já neste sábado, nas quartas de final do Campeonato Paulista, diante do Red Bull Brasil, no Itaquerão. Neste ano, porém, a marca estará somente na parte frontal do uniforme, diferente de 2015, quando também aparecia acima do número dos jogadores, nas costas.

O novo contrato também libera a diretoria corintiana a buscar novos patrocinadores tanto para a parte posterior como para a barra da camiseta, o que era vetado anteriormente. Assim, o clube poderá conseguir receitas extras em comparação ao ano passado.

As negociações entre Corinthians e Caixa se estenderam por longo período, pois o clube não concordava em receber o valor pago na última temporada. Assim, a liberação de outras partes do uniforme acabou resolvendo o impasse que levou o clube a disputar várias partidas sem um patrocinador master, pois o contrato anterior se encerrou em 24 de fevereiro.

"Através de toda a negociação e com a paciência necessária em um processo como este, conseguimos mostrar para o nosso parceiro o reposicionamento da marca Corinthians no patamar que ela merece. Foi uma vitória para o clube, que nas ultimas renovações não havia conseguido incrementar o valor da propriedade, e uma vitória para o parceiro que continuará com grande exposição e tendo alto retorno sobre o investimento", disse Gustavo Herbetta, Superintendente de Marketing do Corinthians.

Antes de acertar um novo acordo com a Caixa, o Corinthians já contava com o patrocínio da Nike, a sua fornecedora de material esportivo, da Winnerplay.net, da Special Dog e da TIM.

A renovação do acordo com o Corinthians se dá apenas um dia após a Caixa acertar um novo contrato com o Vasco por R$ 7,5 milhões. Além disso, o banco estatal também patrocina Flamengo (R$ 25 milhões), Atlético-MG, Cruzeiro (R$ 12,5 milhões cada), Vitória, Sport, Coritiba, Atlético-PR (R$ 6 milhões cada), Figueirense, Chapecoense (R$ 4 milhões) e CRB (R$ 1 milhão). Com exceção dos alagoanos e do Vasco, todos os demais clubes estão na elite do futebol brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.