Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Corinthians resolve não utilizar Edno no clássico

Nome do jogador não apareceu no Boletim Informativo Diário da CBF e equipe alvinegra não quer correr risco

Agencia Estado

26 de setembro de 2009 | 16h45

Na sexta-feira, a diretoria do Corinthians chegou a anunciar que a inscrição do meia-atacante Edno estava regularizada, liberando-o para estrear já neste domingo. Mas, por precaução, o clube decidiu não utilizar o jogador no clássico contra o São Paulo, no Morumbi.

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) enfrentou problemas técnicos na sexta-feira, o que teria impedido que o nome de Edno aparecesse no Boletim Informativo Diário (BID) como jogador do Corinthians. Mas o clube garante já ter regularizado a inscrição do reforço.

Mesmo assim, o Corinthians não quis corre riscos de escalar o jogador e ser punido. "O Edno ficará fora, mesmo se o clube receber um fax da CBF. Não vamos arriscar, porque ele não esta no BID", afirmou o presidente Andrés Sanchez, em entrevista neste sábado, no CT do Parque Ecológico.

O problema é que sexta-feira foi o último dia de inscrições para s para o Campeonato Brasileiro. "Seria um absurdo ele ficar fora do Brasileiro. Não foi culpa nossa nem do jogador", disse Andrés Sanchez, que ainda aguarda uma posição da CBF sobre a regularização de Edno, reforço que veio da Portuguesa.

No caso do meia-atacante argentino Defederico, no entanto, não há problema. A inscrição do jogador também foi feita na sexta-feira e seu nome já apareceu no BID. Assim, ele poderá estrear com a camisa corintiana no clássico deste domingo, contra o São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.