Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Corinthians sabe da obrigação: ganhar a Libertadores

Jogadores acreditam que sofrem mais pressão pela conquista do que o adversário rubro-negro

ANDRÉ RIGUE, estadão.com.br

27 de abril de 2010 | 09h30

Os jogadores do Corinthians reforçam que sofrem pressão para conquistar a Copa Libertadores, título mais desejado pelo torcedor. No ano do centenário, o torneio se tornou obsessão.

Veja também:

link Flamengo quer Maracanã lotado para vencer

Apesar de ter feito a melhor campanha da fase de grupos, o lateral-esquerdo Roberto Carlos não espera moleza na partida desta quarta-feira, às 21h50. "A obrigação maior é nossa. Não há tanta cobrança no Flamengo. O Corinthians está atrás da Libertadores faz 100 anos."

Mano Menezes tentou "blindar" os jogadores para a partida no Maracanã. Foi armado um esquema especial para poder viajar ao Rio e, assim, evitar o contato com os torcedores flamenguistas - principalmente para proteger Ronaldo de provocações.

No campo, o técnico começará a definir o time na tarde desta terça-feira, em treino em General Severiano, casa do Botafogo. O goleiro Felipe foi cortado por causa de uma lesão na coxa, e Júlio César será o titular. Alessandro também pode aparecer no time.

Ingressos. Até o fim da segunda-feira, 47.600 ingressos haviam sido vendidos para a partida. O Flamengo comercializará as cerca de 20 mil entradas restantes nesta terça-feira. A expectativa é que o Maracanã esteja lotado.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoCorinthiansCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.