Corinthians: Sanchez nega que Ronaldo lucrará com bilheteria

Presidente do clube alvinegro também afirma que a diretoria não trata os torcedores como simples clientes

Anelso Paixão, O Estado de S. Paulo

17 de dezembro de 2008 | 09h43

Ao contrário do que o diretor de marketing Luis Paulo Rosemberg havia anunciado na véspera, o presidente corintiano Andrés Sanchez afirmou nesta terça-feira, em entrevista ao Estado, que o atacante Ronaldo não terá participação na bilheteria dos jogos do Corinthians. "O dinheiro que arrecadarmos com bilheteria será utilizado para pagar não só o salário do Ronaldo, mas de todos os atletas do time". Veja também: Tabela e calendário do Paulistão 2009Corinthians espera arrecadar R$ 109 milhões em 2009 Médico pede estréia de Ronaldo apenas no fim de janeiro TV Estadão: 'Aqui está mais um louco para este bando de loucos'  Bate-Pronto: Após a festa, é hora de Ronaldo mostrar bom futebol Vote: o Corinthians acertou em contratá-lo? Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão O dirigente afirmou ainda que o Corinthians tem acompanhado a rotina de Ronaldo em relação ao cumprimento de sua programação de treinos (o grupo volta dia 26).ENTREVISTAEstado - No site oficial, o Corinthians nega que o Ronaldo vá ter participação no valor que o clube arrecadar com os ingressos de numerada, como foi divulgado pelo diretor de marketing Luis Paulo Rosemberg. Isso chegou a ser pensado?Andrés Sanchez - Isso é um absurdo. O dinheiro que arrecadarmos com bilheteria será usado para pagar não só o salário do Ronaldo, mas de todos os atletas do time.E - A estratégia adotada pelo departamento de marketing estaria colocando em prática aquilo que sempre se falou, que clubes como Corinthians e Flamengo poderiam pagar seus times apenas com a receita da torcida?AS - Nós estamos tratando nosso torcedor como cliente, que merece nosso respeito e que pode sim nos trazer muitos recursos. O que mudou também é que hoje o corintiano sabe que podem haver erros, mas não há sacanagem no clube.E - O clube tem acompanhado o Ronaldo antes da apresentação do grupo para os treinos?AS - Falamos com ele sempre. O Ronaldo está de férias, assim como os demais atletas. O compromisso dele com o Corinthians é a partir do dia 26, data da reapresentação.E - O clube tem mais jogadores em vista para reforçar o elenco?AS - Isto está nas mãos do Mário Gobbi (diretor de futebol) e do Antônio Carlos (diretor técnico).E - O presidente poderia se envolver em algum caso, como no do atacante Kléber ou do meia William?AS - São dois jogadores que adoraríamos ter aqui, mas não existe nenhuma possibilidade. Os clubes de ambos (Shakhtar Donetsk e Dínamo Kiev, respectivamente) não aceitam nenhum tipo de negociação que não seja a venda. Portanto, impossível.E - E o caso Herrera, encerrado?AS - Fizemos uma proposta para adquirir parte do passe, mas aí emperrou na questão dos 15% aos quais o atleta tem direito. Fizemos, então, uma proposta de reempréstimo ao time argentino (Gimnasia) e estamos aguardando resposta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.