Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Corinthians se aproxima de acerto pela volta de Carille

Andrés Sanchez iniciou conversas com agente do técnico em Londres; time garante Jair Ventura só até o fim do Brasileirão

João Prata, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2018 | 05h00

O Corinthians teve um dia movimentado nos bastidores na sexta-feira e a tendência é que continue assim até o início da próxima temporada. A diretoria já está tentando montar um novo time para 2019 e a medida inicial é confirmar o retorno do técnico Fábio Carille, hoje no Al-Wehda, da Arábia Saudita.

Ninguém comenta abertamente sobre a negociação, mas também ninguém nega que haja uma conversa entre as partes. O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, disse ao Estado que, “enquanto o Carille não sair de lá, o Jair Ventura continua como técnico da equipe”. O mandatário informou ainda que Jair comandará o Corinthians nos dois jogos que faltam para o término no Campeonato Brasileiro: domingo contra a Chapecoense, em Itaquera, e no dia 2, última rodada, diante do Grêmio, em Porto Alegre.

Carille deixou o time paulista em maio depois de conquistar dois Paulistas (2017 e 2018) e um Brasileiro (2017). Ele assinou contrato por duas temporadas com o clube árabe e multa rescisória de US$ 700 mil (R$ 2,3 milhões) - o Corinthians tenta negociar esse valor.

As conversas sobre o possível retorno começaram em Londres, quando Andrés se reuniu com o empresário do técnico, Paulo Pitombeira. Carille estaria insatisfeito no Al-Wehda, pois os dirigentes não cumpriram as promessas feitas no momento da contratação, que era de trazer reforços, entre outras mudanças estruturais. Carille também foi questionado recentemente por causa de duas derrotas consecutivas. 

O time, no entanto, voltou a vencer na quinta e, na sexta-feira, o elenco e a comissão técnica ganharam folga. O Estado tentou contato com Carille e não conseguiu retorno. Integrantes da comissão técnica disseram desconhecer qualquer tipo de negociação.

ADEUS - O Corinthians confirmou na sexta-feira que não renovará o contrato de Danilo, de 39 anos. O clube ofereceu um cargo na diretoria ao atleta, que ainda não respondeu se aceitará. Danilo será homenageado na próxima semana. Aos amigos, ele diz querer jogar por mais um ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.