Arquivo/AE
Arquivo/AE

Corinthians se prepara para encarar clima hostil no Sul

Torcedores do Internacional falam em revanche, depois que os paulistas conquistaram a Copa do Brasil

Marcel Rizzo, Agencia Estado

19 de agosto de 2009 | 09h13

O Corinthians já se prepara para um clima bem hostil para a partida contra o Internacional, nesta quarta-feira, às 21h50 (com transmissão online do estadao.com.br), no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 20.ª rodada. Para o clube gaúcho, o duelo vale mais do que a consolidação na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Desde a semana passada, entre torcedores e diretores, a palavra usada é de revanche pela derrota colorada na Copa do Brasil.

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

No dia 1.° de julho, o empate por 2 a 2 deu o título para o Corinthians, mas dentro de campo D?Alessandro tentou agredir William e fora dele o presidente Andrés Sanchez bateu boca com o vice de futebol do rival gaúcho, Fernando Carvalho.

 INTERNACIONAL
Lauro; Danilo Silva, Bolívar, Sorondo e Marcelo Cordeiro; Sandro, Guiñazu, Andrezinho e Giuliano; Bolaños e Alecsandro
Técnico: Tite
 CORINTHIANS
Rafael Santos; Jucilei, Chicão, Jean e Marcinho (Paulo André); Moradei, Elias e Morais; Jorge Henrique, Dentinho e Henrique
Técnico: Mano Menezes
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (SC)

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Horário: 21h50

Internet: estadao.com.br

TV: Globo

O clima deve ser mais tenso fora do que dentro de campo. Os principais protagonistas da confusão da decisão da Copa do Brasil não jogam. D´Alessandro está suspenso e William, com dor no joelho, vetado.

Além de William, Mano não terá o goleiro Felipe, Edu (dez dias fora por causa de contratura muscular), Diego (suspenso) e Boquita (na seleção brasileira sub-20). Ronaldo, Escudero, Souza, Alessandro e Marcelo Oliveira continuam fora de combate, em tratamento de lesões.

Desta maneira, Mano deve colocar Marcinho de lateral-esquerdo, Jean na zaga e deixar a armação para Morais. Jorge Henrique, Dentinho e Henrique formam o trio ofensivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.