Corinthians se reabilita com 2 a 0 sobre o Paulista

Gols de André Santos e Acosta - de letra - garantem a segunda vitória do time alvinegro no Estadual

Milton Pazzi Jr., estadao.com.br

23 de janeiro de 2008 | 23h43

O temor do torcedor do Corinthians de que o time formado para o Paulistão fosse empacar acabou por hora nesta quarta-feira. Com um golaço de letra de Acosta, e outro de André Santos - principal jogador em campo -, o time alvinegro garantiu sua reabilitação ao vencer o Paulista por 2 a 0, no Estádio do Morumbi.Veja também: Acosta: apoio total e alívio após marcar um gol de 'taco' Classificação Últimos resultados / Próximos jogos São Paulo decepciona e fica só no empate contra o Ituano Palmeiras vence o Marília com gol de Elder GranjaA vitória foi tranqüila para o Corinthians. O Paulista até esboçou uma marcação cerrada e alguma força ofensiva, mas esta postura, exigida pelo técnico Marcus Vinícius em todas as entrevistas antes do jogo, caiu por terra com cerca de cinco minutos. Todas os principais chutes a gol foram corintianos.Só faltava o de sempre: pontaria. Alessandro errava cruzamentos, Finazzi chegava atrasado, Everton Ribeiro colocava força demais, principalmente nos chutes. Aos poucos, porém, o lateral-esquerdo André Santos foi aparecendo. Sempre levava o time ao ataque e chegava ao perigo.GOL É PELA LATERALE neste jogo André Santos conseguiu a redenção: Everton Ribeiro o lançou e o lateral chutou forte, cruzado, para marcar seu primeiro gol pelo Corinthians, aos 29 minutos. Ele vinha de dois jogos e duas bolas na trave da mesma forma. O domínio alvinegro, a partir daí, se consolidou. CORINTHIANS2Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos    ; Bruno Octávio    , Perdigão (Carlos Alberto), Dentinho, Éverton Ribeiro (Coelho    ) e Acosta (Lulinha); FinazziTécnico: Mano Menezes PAULISTA0Adinam; Devas, Dema     e Diego Padilha; Marco Aurélio, Tiago Fraga     (Marcelo Toscano), Rever, Ricardinho, Rodrigo Fabri (Júlio César) e Fábio Vidal (Rafinha    ); Neto BaianoTécnico: Marcus ViníciusGols: André Santos, aos 29 minutos do primeiro tempo; Acosta, aos 14 minutos do segundo tempoÁrbitro: Leonardo Ferreira LimaRenda: R$ 146.616,00Público: 9.490 pagantesEstádio: Morumbi, em São Paulo (SP)Acosta, que não estava agradando por erros principalmente de finalização, também conseguiu apagar sua má fase da melhor forma possível. Com um golaço de letra, aos 14 minutos do segundo tempo, aproveitando cruzamento de Alessandro. A comemoração foi bastante festiva, e ele, que saiu aos 22 minutos, foi bastante aplaudido pelos torcedores.Com a vantagem no placar, o time corintiano manteve o ritmo. Domínio total da partida, com o Paulista acuado e tentando no contra-ataque. Teve uma boa chance aos 41 minutos, num cruzamento, que o capitão William esticou o pé e tirou. O goleiro Felipe não fez nenhuma defesa no jogo. Fora isso, só deu Lulinha (quando entrou), Dentinho, André Santos, Finazzi e companhia. Uma vitória justa, cujo único ponto negativo para a torcida foi Perdigão, vaiado por boa parte da torcida quando saiu de campo, substituído por Carlos Alberto. Coelho, que reestreou, saiu de campo com um cartão amarelo, como referência.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansPaulistaPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.