Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Corinthians segue para BH nesta sexta-feira

Depois de garantir a vaga nas quartas-de-final da Copa do Brasil, ao empatar por 1 a 1 com o Fortaleza, na quarta-feira, no estádio Castelão, o Corinthians passou a quinta-feira na capital cearense arrumando os preparativos da viagem de sexta-feira para Belo Horizonte, onde no domingo enfrenta o Atlético-MG, às 16 horas, no Mineirão, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.O treino apronto para o jogo frente à equipe mineira acontece nesta sexta à tarde, quando o treinador Oswaldo de Oliveira define a equipe titular. Em princípio deve ser a mesma que empatou com o Fortaleza.O ambiente no Hotel Marina Park, em Fortaleza, onde a delegação corintiana ficou concentrada, era um misto de alívio e apreensão. Alívio por terem conseguido a classificação à próxima fase da Copa do Brasil e apreensão por melhores resultados na competição nacional. Após quatro jogos, ganhou apenas um e perdeu os outros três.O zagueiro Valdson foi um dos poucos que falou com a imprensa nesta quinta-feira. No quarto onde estava hospedado disse que o ambiente no time após a classificação ficou "menos carregado". "Tiramos um peso das costas", disse acreditando que agora no Campeonato Brasileiro o time terá uma seqüência de vitórias. "Esperamos que esta motivação da Copa do Brasil reflita no Campeonato Brasileiro, onde pretendemos começar uma seqüência de vitórias para pontuar e sair dessa situação de ficar lá atrás na classificação", afirmou.Valdson garante que o pensamento da equipe também é na continuidade da Copa do Brasil. "Pretendemos sermos campeões da Copa do Brasil. E para tanto já vamos enfrentar o Vitória da Bahia na próxima quarta-feira e depois no dia 19 de maio. Então não dá tempo nem respirar. Vamos à luta".O atacante Jô preferiu ressaltar a união do grupo para acabar com a crise. "Fizemos um grande resultado ontem ao empatarmos com o Fortaleza e garantirmos vaga para as quartas-de-final da Copa do Brasil. Agora nosso pensamento se volta para o Atlético Mineiro no domingo, quando esperamos ganhar e afastar essa crise. E isso se deve a união do grupo que está fechado para fazermos sempre grandes resultados no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil".Frutos? - O treinador Oswaldo de Oliveira disse que já está acostumado com essas especulações de mudança de técnico, quando o time não vence jogos. Ele declarou que não sabia de nada sobre a possibilidade de Emerson Leão, demitido do Santos, ir para o seu lugar no Corinthians. "O que sei é que continuo trabalhando no Corinthians até quando a diretoria quiser. Estamos fazendo um trabalho que já começa a render frutos", exagerou.Treino - No Marina Park, os jogadores só saíram para um treino leve no final da tarde, no estádio Castelão. Como nenhum jogador está lesionado, Oswaldo pôde conta com os 18 atletas que vieram a Fortaleza. A idéia é manter a mesma equipe que iniciou a partida diante do time cearense: Fábio Costa; Rogério, Anderson, Valdson e Renato; Wendel, Fabinho, Rincón e Piá; Marcelo Ramos e Gil. Estão no ainda no grupo Rubinho, Betão, Fininho, Coelho, Rodrigo, Wilson e Jô.Os jogadores passaram praticamente todo o dia nos apartamentos. Descanso e concentração são as palavras de ordem neste momento. Não houve assédio de torcedores na porta do hotel e nem no treino. Os atletas sequer desceram para piscina. Dos apartamentos eles saíram apenas para almoçar e jantar. O treino foi leve e pouco lembrou um técnico-tático.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.