Corinthians segue sem fechar contrato de patrocínio

A promessa de dirigentes do Corinthians de que o anúncio do novo patrocinador seria feita nesta segunda-feira não deve ser cumprida, o que faz a oposição alardear que o tal "maior patrocínio da história" não passa de um balão de ensaio, feito só para se tirar vantagem em período pré-eleitoral.Veja também: Corintianos estão ansiosos para jogar com RonaldoEspecial: as armas dos times para o Paulistão 2009 Paulistão 2009 - TabelaConfira as novidades do mercado do futebol Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoDiretores comentam no clube que uma multinacional fecharia em dólar o patrocínio somente da área nobre da camisa, frente e costas, o que renderia mais de R$ 30 milhões.Opositores dizem que, se esse valor for divulgado, será contando também a manga e o calção, e que Ronaldo embolsará quase 40% do total (R$ 12 milhões). O que sobraria ao clube, R$ 18 mi, estaria próximo do que ganharão os rivais Palmeiras e São Paulo - R$ 15 milhões cada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.