Corinthians segura Jô até o final do ano

Jô não vai mais para o Benfica. Pelo menos não agora. A diretoria corintiana conseguiu segurar o atacante por mais quatro meses. Segundo a assessoria do clube, o negócio com a empresa GSI foi fechado, mas com a condição de que Jô ficasse até o final do ano no Timão. Só depois disso ele iria para Portugal - os investidores garantem que o Benfica será seu destino, mas o Porto também estaria interessado. O valor da venda giraria em torno de US$ 5 milhões. Com isso, Jô pode até jogar quarta-feira contra o Goiás, pela fase preliminar da Copa Sul-Americana, no Pacaembu. O técnico Márcio Bittencourt disse que vai poupar alguns atletas, mas ainda não revelou quais. A intenção é recuperar fisicamente aqueles que têm se queixado de cansaço e dores musculares. A definição sobre quem joga ou não sai amanhã à tarde, após treino realizado no Parque São Jorge. O Corinthians venceu o primeiro jogo, em Goiânia, por 2 a 0, e pode perder agora por até um gol de diferença para se classificar. Na segunda fase, o vencedor do duelo entre Corinthians e Goiás pega o River Plate, da Argentina. Márcio afirmou que não vai priorizar o Brasileirão, em detrimento da Copa Sul-Americana. O zagueiro Betão concorda que o time não pode bobear nessa competição. "Todos dizem que a Sul-Americana não tem importância, mas se perdermos para o Goiás, a coisa complica".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.