Corinthians será ousado contra o Guaratinguetá no Morumbi

Mano Menezes abre mão de jogar com três zagueiros para dar mais criatividade ao meio-de-campo corintiano

Vítor Marques, O Estado de S. Paulo

08 de março de 2008 | 16h08

Na defesa, o bem-sucedido esquema de três zagueiros sai de cena. Setor problemático do time, o meio-campo ganha mais um homem de criação. E o sistema ofensivo muda novamente. No choque contra o líder Guaratinguetá, em jogo que reúne as duas melhores defesas do Estadual, o Corinthians deixa para trás algumas de suas marcas firmadas nessas 12 rodadas justamente para não se despedir precocemente do campeonato.  Veja também: Classificação Resultados e calendário Na reta final de um campeonato disputado palmo a palmo, os sete pontos que separam os dois times dão dimensão exata ao jogo das 16h no Morumbi. "A nossa hora é agora, não podemos adiar as coisas", disse o técnico Mano Menezes, que reorganiza as peças de sua equipe em busca de uma escalação ideal.  O Corinthians, que vem derrota no clássico contra o Palmeiras, é sexto colocado, com 20 pontos, e o Guaratinguetá segue em primeiro, com 27 pontos, e não pode ser ultrapassado por ninguém na rodada mesmo em caso de resultado negativo. As mudanças de Mano Menezes, que arma seus times de acordo com os adversários, têm o objetivo de parar o rápido time do interior, que tem entre seus pontos fortes o contragolpe.  "Precisamos saber o momento certo de atacá-los, porque não queremos sofrer contra-ataques", afirmou o treinador corintiano, que troca o seguro 3-5-2 pelo sistema 4-4-2, com dois meias e dois atacantes. A reengenharia de Mano Menezes atingiu todos os setores do time. Carlão, que vinha jogando de zagueiro, assume o lugar do suspenso André Santos na lateral-esquerda. Heverton e Diogo Rincón serão os armadores. Acosta e Dentinho, que não enfrentaram o Palmeiras, devem ser os atacantes. "Estamos encontrando dificuldades de trabalhar a bola no meio-campo. E o que eu estou fazendo é encontrar uma solução para isso", justifica Mano Menezes, que optou por sacar Lulinha do time titular.  CORINTHIANS Felipe; Carlos Alberto, Chicão, William e Carlão; Bóvio, Fabinho, Diogo Rincón, Heverton; Acosta e Dentinho.Técnico: Mano Menezes. GUARATINGUETÁ Fábio; Nelsinho, Carlinhos, Thiago Gomes e Jefferson; Magal, Alê, Jackson e Michael; Dinei e Nenê. Técnico: Guilherme Macuglia.Árbitro: José Henrique de Carvalho.Estádio: Morumbi, em São Paulo (SP)Horário: 16 horasRádio: Eldorado/ESPN - AM 700TV: Pay-per-view  Sobre o adversário, Mano Menezes tece elogios, embora considere que o Corinthians é o favorito para ganhar o jogo. "É uma das melhores equipes do campeonato pela campanha que vem fazendo. Eles têm o coletivo como destaque", disse ele.  "A vantagem na tabela os torna favoritos a uma das quatro vagas, apenas isso. Não (favoritos) para ganhar a partida", completa Mano. Do lado do Guaratinguetá, a sensação é a de que, se vencerem o Corinthians, a vaga ficará bem próxima. "É um momento decisivo para nós", disse o técnico Guilherme Macuglia. Com força máxima à disposição, o técnico da sensação do Estadual é categórico: jogará sem medo. "Respeito o Corinthians, mas não mudo a maneira da minha de atuar. Quero a vitória."  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.