Corinthians só empata com o Sertãozinho e Leão é vaiado

Com pouco público no Pacaembu, o Corinthians não conseguiu vencer o Sertãozinho e ficou apenas no empate por 2 a 2, depois de liderar duas vezes o placar, neste sábado, pela 17.ª rodada do Paulistão.O resultado - bem como o desempenho do time no campeonato - botaram em risco o emprego do técnico corintiano Emerson Leão. Com o empate, o Corinthians chegou a 25 pontos e garantiu pelo menos a nona posição - dependendo do resultado do jogo do Noroeste contra o Juventus, neste domingo.Se o empate praticamente tirou o Corinthians da briga pela classificação para as semifinais, o resultado também não foi bom para o Sertãozinho, que chegou a 15 pontos e pode terminar a rodada ainda na zona do rebaixamento.Depois de perder uma chance incrível - quando furou na hora de chutar para o gol vazio - Wilson foi quem abriu o placar. Jean Carlos recebeu na área e foi derrubado por Emerson. Pênalti, que o camisa 26 bateu bem e fez Corinthians 1 a 0, aos 17.Com o gol, o Corinthians recuou e o Sertãozinho foi para frente no primeiro tempo. O time do interior deu um bom susto nos corintianos aos 21, quando Marcio Mixirica recebeu livre na área, ajeitou e bateu para uma grande defesa do goleiro Jean. A pressão do Sertãozinho virou gol logo no primeiro minuto do segundo tempo. Depois de uma cobrança de escanteio, Marcio Mixirica recebeu livre na área e teve tempo de ajeitar antes de bater firme, por baixo de Jean.O gol serviu para aumentar a ira da torcida contra o técnico Emerson Leão. O que era apenas um - antes do empate - virou um pequeno grupo que passou a protestar atrás do banco de reservas.Os gritos de protesto só pararam aos 8, quando Eduardo Ratinho cobrou uma falta de longe e acertou o ângulo de André Zandoná, marcando o segundo gol corintiano.Mas a alegria corintiana - e o sossego de Leão - durou apenas nove minutos. Depois de uma bola roubada no meio-de-campo, Alex Terra recebeu na entrada da área, passou por Marinho e bateu no canto, na saída de Jean, para empatar novamente.Jogando com um a mais desde os 39, após a expulsão de Emerson, o Corinthians foi com tudo para cima nos minutos finais tentando marcar o gol da vitória. Talismã da vitória sobre o Noroeste, Daniel Grando recebeu a bola do jogo aos 42, quando, depois de um contra-ataque em velocidade, ficou cara a cara com o goleiro e chutou para grande defesa de Zandoná.Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o América, novamente no Pacaembu, no próximo sábado. No dia seguinte, o Sertãozinho recebe o Bragantino, no Estádio Frederico Dalmazo.CORINTHIANS 2 x 2 SERTÃOZINHOCorinthians - Jean; Eduardo Ratinho, Marinho, Betão e Wellington; Bruno Octavio, Magrão, Rosinei e Willian; Jean Carlos (Daniel Grando) e Wilson. Técnico: Emerson Leão.Sertãozinho - André Zandoná; Erivelton, Rafael Dias e Edson Mendes; Ricardo Lopes, Ceará, Emerson, Paulo Santos (Mateus) e Édson Mendes (Dic); Márcio Mixirica e Alex Terra (Marlon). Técnico: Barbieri.Gols - Wilson, aos 17 minutos do primeiro tempo. Márcio Mixirica, a 1, Eduardo Ratinho, aos 8, Alex Terra, aos 17 minutos do segundo tempo. Árbitro - Antonio Rogério Batista do Prado. Cartões amarelos - Emerson, Eder Gaúcho, Rafael Dias, Betão Cartões vermelhos - Emerson Renda e público - Não disponíveis Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.