Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Corinthians sofre apagão de quatro minutos e leva virada do Guarani

Time alvinegro segue sem vencer desde o retorno de Fábio Carille

João Prata, O Estado de S.Paulo

23 de janeiro de 2019 | 21h09

O Corinthians sofreu um apagão de quatro minutos no primeiro tempo e perdeu para o Guarani por 2 a 1, de virada, nesta quarta-feira, em Campinas, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. O time alvinegro já vinha de um empate na estreia e segue sem vencer no retorno de Fábio Carille - também perdeu um jogo-treino contra o Nacional e empatou sem gols um amistoso contra o Santos. 

As equipes voltam a campo no sábado pela terceira rodada do Paulistão. O Corinthians receberá a Ponte Preta às 19h, em Itaquera, e o Guarani jogará em casa contra o Oeste, às 16h30.

No estádio Brinco de Ouro da Princesa, com um público modesto por ser torcida única, o Corinthians foi mal, especialmente no setor ofensivo e perdeu para a equipe comandada por Osmar Loss, seu antigo treinador. O gol que abriu o marcador aos 8, foi um achado. Sornoza cobrou escanteio da esquerda e Gustagol subiu mais alto do que a zaga.

Com a vantagem, a equipe desistiu de atacar. O Guarani parecia desentrosado, errava muitos passes no setor ofensivo, mas ia ganhando terreno. Até que aos 38 Inácio cobrou falta da direita, Fagner esqueceu da marcação e Diego Cardoso apareceu livre na segunda trave para deixar tudo igual. Quatro minutos depois, Rondinelly recebeu de fora da área e mandou uma bomba no ângulo. Cássio não conseguiu nem ir na bola: 2 a 1.

O Corinthians seguiu mal no segundo tempo. Pedrinho substituiu André Luis e o time continuou com dificuldade para criar. Sornoza reclamou de uma bola na mão de Fabrício Bigode dentro da área que o impediu de fazer o domínio. O árbitro mandou seguir.

A melhor chance do time visitante na etapa final foi em uma cabeçada de Pedrinho que acertou o pé da trave do goleiro Giovanni. Mas o Guarani era ainda mais efetivo no contra-ataque e criou duas oportunidades em que Cássio defendeu uma bola de Inácio e outra de Lucas Crispim.

FICHA TÉCNICA:

GUARANI X CORINTHIANS

GUARANI - Giovanni; Fabrício Bigode, Ferreira, Diego Giaretta e William Matheus; Fernandes e Ricardinho; Felipe Amorim, Rondinelly e Inácio; Diego Cardoso. Técnico: Osmar Loss

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Avelar; Richard (Gustavo Silva), Ramiro e Jadson; André Luis (Pedrinho), Gustagol e Sornoza (Mateus Vital).  Técnico: Fábio Carille.

GOLS - Gustagol, aos 8, Diego Cardoso, aos 37, e Rondinelly, aos 41 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias de Araújo. 

CARTÕES AMARELOS - Sornoza

PÚBLICO 7.252 pagantes.

RENDA - R$ 171.132,00.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.