Mister Shadow
Mister Shadow

Corinthians supera Goiás na Copinha em jogo marcado por briga

Torcedores entram em confronto com a Polícia Militar do lado de fora da Arena Barueri, e bombas explodem nas arquibancadas

Estadão Conteúdo

18 de janeiro de 2015 | 18h37

O sonho do nono título da Copa São Paulo de Futebol Júnior está, a cada dia que passa, virando realidade para o Corinthians. Neste domingo, o maior campeão do torneio carimbou a vaga às quartas de final da 46.ª edição com a vitória, por 2 a 0, diante do Goiás, em partida realizada na Arena Barueri, em Barueri (Grande São Paulo).

O lado de fora do estádio acabou virando um palco de guerra. Torcedores, que enfrentaram filas enormes para entrar, entraram em confronto com a Polícia Militar. Algumas pessoas chegaram a relatar barulho de bombas nas redes sociais.

Com a vitória, o Corinthians encara nas quartas de final o São Caetano. No estádio Nicolau Alayon, na capital, o time do ABC paulista encaminhou a classificação, mais cedo, ao derrotar o Figueirense nas penalidades máximas, por 4 a 1 - houve empate, por 1 a 1, no tempo normal.



O Goiás jogou para se defender. O clube goiano não escondeu a sua tática e segurou o Corinthians na primeira etapa. A equipe paulista reclamou de três penalidades não marcadas, além de perder uma grande chance com Gabriel Vasconcelos. O atacante recebeu livre de marcação na grande área, mas chutou para fora. O rival respondeu com Yhan, que buscou o ângulo do goleiro Caíque. A bola foi para a linha de fundo.

Na etapa complementar, o Corinthians mudou de postura. O técnico Osmar Loss mexeu: colocou o time para frente e obteve resultado logo aos seis minutos. Matheus Cassini pegou de três dedos e lançou nos pés de Gabriel Vasconcelos, que dominou de direita e mandou de esquerda para o fundo das redes.

Aos nove minutos, o clube paulista fez o segundo. Após bate-rebate dentro da área, Tocantins chutou e a bola sobrou novamente para Gabriel Vasconcelos empurrar para o gol. Depois disso, o Goiás lutou e o Corinthians tocou a bola para garantir a sua vaga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.