Corinthians também quer Anderson

Na enorme lista de possíveis reforços do Corinthians, soma-se outro nome: o do meia Anderson, de 17 anos, tido como a maior revelação do Grêmio desde Ronaldinho Gaúcho.O técnico Márcio Bittencourt admitiu, nesta terça-feira, que gostaria de contar com o jovem jogador do Grêmio. Paulo Angioni, diretor da MSI, também disse que Anderson interessa. ?Mas não tenho conhecimento de que haja uma negociação em andamento?, garantiu o dirigente, que classifica como ?muito difícil? a contratação.Muitos clubes europeus já procuraram o Grêmio, interessados em Anderson. A Inter de Milão ofereceu 3,5 milhões de euros (R$ 10,7 milhões) por 95% dos direitos do jogador. Mas a proposta foi recusada. O clube gaúcho quer pelo menos 7 milhões de euros (R$ 21,4 milhões). O contato com o Corinthians se deu por intermédio do empresário Gilmar Veloz, que se encontrou sexta-feira, em Portugal, com Kia Joorabchian, homem-forte da MSI, e Alberto Dualib, presidente do clube. Gilmar Veloz se dispôs a fazer a ponte com o Grêmio. ?O interesse (do Corinthians) existe?, afirmou o empresário.Por enquanto, Anderson é um sonho distante do Corinthians. ?Nosso foco é o Liedson?, admitiu Angioni, falando sobre o atacante do Sporting Lisboa.Kia e Dualib permanecem na Europa tentando a contratação de Liedson. E estariam dispostos a pagar até 8 milhões de euros (R$ 24,5 milhões). Mas, mesmo se fechar com Liedson, Kia continuará tentando contratar Vágner Love, do CSKA Moscou.A volta do lateral/volante Rogério, segundo Paulo Angioni, está descartada. E a contratação do goleiro Helton sofreu um retrocesso nesta terça-feira. Ele quer receber o equivalente a 30% da negociação do Corinthians com o União Leiria (R$ 4,6 milhões). Mas Kia não quer pagar.?Se o Helton não vier, não vamos atrás de outro goleiro?, avisou Angioni. Nesse caso, Fábio Costa voltaria a ser o camisa 1 do Corinthians.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.