Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Corinthians tem 4 técnicos na mira

Irritada com a recusa de Oswaldo de Oliveira, a diretoria do Corinthians corre, agora, em busca de um treinador que sairá da lista de quatro nomes: Geninho, do Atlético-PR, Levir Culpi, do Atlético-MG, Carlos Alberto Parreira, sem clube, e um técnico estrangeiro, possivelmente o uruguaio Hugo de León, que dirige o Nacional, com o qual sagrou-se campeão nacional na última temporada. Hoje à tarde, o presidente Alberto Dualib, o vice de Futebol Antônio Roque Citadini e outros dirigentes da cúpula corintiana se reuniram no Parque São Jorge e chegaram a um consenso em relação aos nomes. Conforme antecipou a Agência Estado domingo, o clube já havia feito sondagem a Levir Culpi, que tem interesse em voltar ao futebol paulista e gostou de ser procurado pelo Corinthians. O problema é o salário, que ultrapassa os valores que o clube pretende pagar. Levir recebe cerca de R$ 130 mil mensais em Minas. Parreira também foi sondado e, embora diga que tenha intenção de se dedicar apenas à Copa do Mundo em 2002, pode aceitar um convite. Geninho é outro nome forte, mas já disse que não quer conversa antes do fim do Campeonato Brasileiro. O que pode prejudicar sua chegada ao Parque São Jorge é o fato de o Atlético-PR estar classificado para a Taça Libertadores da América do ano que vem. "Isso vai pesar muito", adiantou, hoje, em Curitiba. Caso nenhum brasileiro acerte contrato com o clube, uma surpresa pode chegar do exterior. O uruguaio Hugo de León, que atuou durante muitos anos no Brasil como jogador, inclusive no próprio Corinthians, está fazendo sucesso como técnico do Nacional e se valorizou bastante nos últimos meses. É um treinador cujo perfil agrada à diretoria corintiana, principalmente a Citadini. Outro fator favorável é o salário. Ele não ganha muito e aceitaria tranqüilamente trabalhar no Parque São Jorge. "Gostaríamos de definir o técnico o mais rápido possível por causa da pré-temporada e também por causa de algumas negociações", afirmou Citadini. O Corinthians tenta contratar o atacante Rodrigo, do Botafogo-RJ, e Ricardinho, volante do Cruzeiro. "Mas não vamos ultrapassar o salário que pretendemos pagar."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.