Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Corinthians tem 95% de chances de ser campeão e se garante na Libertadores de 2018

Vitória sobre o Atlético-PR deixa equipe de Fábio Carille perto da conquista do título e com vaga assegurada na competição continental

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

09 Novembro 2017 | 11h49

O Corinthians está com uma mão na taça para conquistar o Campeonato Brasileiro. Pelo menos é o que mostram os números. A probabilidade do elenco de Fábio Carille conquistar o torneio subiu para 95% após uma rodada quase perfeita para o clube. Certo é que o resultado obtido nesta quarta-feira garantiu o time em mais uma edição da Copa Libertadores.

+ Giovanni Augusto celebra gol e Carille destaca ter elenco do Corinthians nas mãos

Em Curitiba, o Corinthians fez a sua parte e derrotou o Atlético-PR por 1 a 0. Já o Santos, que iniciou a rodada como vice-líder, perdeu em casa para o Vasco por 2 a 1. O Palmeiras também tropeçou e foi superado por 3 a 1 pelo Vitória. A exceção foi o Grêmio, que fez 1 a 0 na Ponte Preta, em Campinas.

Segundo site Infobola, após a rodada desta quarta-feira, o Corinthians chegou aos 95%, contra apenas 3% do Grêmio e mais 1% para Santos e Palmeiras. Vale lembrar que os gaúchos estão na decisão da Copa Libertadores, contra o Lanús, e o técnico Renato Gaúcho poderá escalar time misto ou até reserva nas rodadas que antecederam as partidas decisivas do torneio continental.

A vitória sobre o Atlético-PR garantiu matematicamente o Corinthians na Libertadores no ano que vem. Com o resultado obtido em Curitiba, o time de Fábio Carille chegou aos 65 pontos e só pode ser alcançado por mais seis equipes, sendo que uma delas é o Cruzeiro, que já está garantido no torneio continental, por ter sido campeão da Copa do Brasil.

+ Reservas fazem a diferença e Corinthians derrota o Atlético-PR em Curitiba

Os seis primeiros colocados se garantem na Libertadores do ano que vem. Caso o Cruzeiro esteja entre eles, como é o caso no momento, o G6 vira G7. Nos dois casos, o Corinthians já está garantido no torneio.

O Vasco é a primeira equipe fora do G7, com 48 pontos. Restando 15 em disputa, a equipe de Zé Ricardo pode chegar, no máximo, a 63 pontos. Caso o Cruzeiro deixe os seis primeiros lugares, quem ficaria com a última vaga é o Flamengo, que poderia alcançar os mesmos 65 do Corinthians, mas perderia no primeiro critério de desempate, que é o número de vitórias (teria 18 contra 19). Para assegurar a classificação direta na fase de grupo, sem se preocupar com os adversários, o Corinthians precisa chegar aos 69 pontos.

Mais conteúdo sobre:
Corinthians futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.