Rafael Arbex/Corinthians
Rafael Arbex/Corinthians

Romero, o reserva-artilheiro artilheiro do Corinthians

Atacante tem seis gols no ano e deve encarar a Ponte: 'mérito de Tite'

O ESTADO DE S.PAULO

29 de março de 2016 | 07h00

O Corinthians que Tite armou para 2016 é um time regular e, sobretudo, solidário, como era em 2015. Os 30 gols marcados nesta temporada foram anotados por 13 jogadores, o que evidencia uma rotatividade no elenco. A divisão dos gols gerou até um reserva-artilheiro, o atacante Romero, com seis gols. "O mérito é do Tite. Ele não trabalha só com titulares", afirmou o paraguaio.

Romero tem razão. A sequência de jogos entre Libertadores e Campeonato Paulista faz com que o treinador escale times mistos (ou até reservas) em algumas partidas, sempre no Estadual. E quem entra no time procura cavar seu espaço. Romero começou o ano como titular, perdeu terreno para André, mas voltou a pressionar o atacante que foi contratado nesta temporada.

"Com a chegada dos reforços, o Tite foi tirando o melhor de cada um. Isso é mérito dele. Ele te dá confiança. Ninguém aqui fica bravo por não jogar, claro que quero jogar (como titular), mas não fico bravo. Tenho de esperar minha oportunidade e, quando chegar, preciso aproveitar", disse Romero, que já vive um 2016 melhor do que 2015, quando era a última opção do treinador.

Nesta terça-feira, Tite confirmará a equipe que enfrenta a Ponte Preta, quarta-feira, pelo Paulistão. E mais uma vez, o técnico irá dar chance a vários suplentes - os titulares jogaram sábado (vitória diante do Ituano) e vão se preparar para o jogo de domingo, contra o Palmeiras. Melhor time na classificação geral, o Corinthians já está classificado para a próxima fase do Estadual.

Pelo treino que comandou na segunda-feira, Tite deve mandar a campo contra a Ponte Preta o seguinte time: Cássio; Edílson, Pedro Henrique, Vilson e Guilherme Arana; Willians, Elias, Rodriguinho, Lucca e Danilo; Romero. Nesta tarde, o treinador irá confirmar a equipe para o jogo em Itaquera.

Os artilheiros do Corinthians no ano

Romero: 6 gols

Lucca: 4 gols

Rodriguinho: 3 gols

Guilherme, Danilo, Giovanni Augusto, André e Felipe: 2 gols

Uendel, Maycon, Edílson, Balbuena e Yago: 1 gol

Contra: 2 gols

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansTiteCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.