Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Corinthians tem jogo decisivo contra o Grêmio no Sul

Vitória nesta quarta-feira deixaria time de Tite mais afastado da zona de rebaixamento

Raphael Ramos, O Estado de S. Paulo

16 de outubro de 2013 | 07h33

SÃO PAULO - Uma vitória do Corinthians hoje diante do Grêmio, em Porto Alegre, não só servirá para acabar com a incômoda série de três empates por 0 a 0 e, assim, deixar o time um pouco mais distante da zona do rebaixamento do Brasileiro, como também será importante para mostrar ao torcedor o que esperar da equipe diante do mesmo Tricolor gaúcho, na próxima semana, novamente na Arena, pelas quartas de final da Copa do Brasil. A derrota, porém, pode deixar o time encostado entre os últimos colocados do campeonato.

Onze pontos distante da zona de classificação para a Libertadores no Brasileirão, o Alvinegro aposta as suas fichas na Copa do Brasil para disputar o torneio continental de 2014. Por isso, o jogo da próxima quarta-feira é considerado importantíssimo - a partida de ida, no Pacaembu, foi 0 a 0.

Assim como deve ocorrer na semana que vem, o Corinthians tentará jogar no erro do adversário hoje. Tite sabe que o Grêmio, por atuar em casa, deverá tomar a iniciativa do jogo. A tática, então, será tentar surpreender nos contra-ataques. Para isso, Tite lançará Diego Macedo como titular. Contratado do Bragantino no início do mês, o jogador chegou ao clube, a princípio, apenas para compor elenco. Mas a péssima fase do ataque fez com que o treinador, logo no terceiro jogo do atleta pelo clube, já o colocasse entre os titulares.

Diego Macedo ganhou uma vaga no time depois do bom segundo tempo que fez diante do São Paulo, no domingo. Ele entrou no lugar de Danilo e renovou o fôlego da equipe. "Ele é um jogador agudo e vai ter liberdade para ser agressivo", explicou Tite. A defesa também sofrerá mudanças. O zagueiro Paulo André e o lateral-esquerdo Fábio Santos foram vetados pelo departamento médico. A dupla será poupada para que o desgaste físico não se transforme em lesão. Já com relação ao lateral-direito Alessandro, a orientação é que o atleta fique na reserva.

No lugar de Paulo André, entra Cléber. Na vaga de Fábio Santos, o garoto Igor ganha mais uma chance. Com o novo desenho da defesa, Edenílson, que no domingo atuou como volante, vai jogar na lateral-direita. A vaga aberta no meio de campo ficará com Douglas, que terá a responsabilidade de servir Romarinho e Emerson. "A ideia é ter mais velocidade. A transição de bola mais rápida, com jogadores rápidos de bola no pé e bola em profundidade", explicou Tite.

GRÊMIO

Recuperado de lesão, Dida volta ao gol. Renato Gaúcho, no entanto, faz mistério em relação ao substituto de Kléber, suspenso. A tendência é que Paulinho seja o escolhido para fazer dupla com Barcos.

GRÊMIO X CORINTHIANS

GRÊMIO - Dida; Werley, Rhodolfo e Bressan; Pará, Adriano, Ramiro, Souza e Alex Telles; Paulinho e Barcos.

Técnico: Renato Gaúcho

CORINTHIANS - Cássio; Edenílson, Cléber, Gil e Igor; Ralf, Guilherme, Diego Macedo e Douglas; Romarinho e Emerson.

Técnico: Tite

Juiz: Sandro Meira Ricci (PE)

Local: Arena Grêmio

Horário: 21h50

Transmissão: Globo e Bandeirantes

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.