Coritiba/Divulgação
Coritiba/Divulgação

Corinthians abre negociações para contratar atacante turco

Kazim, do Coritiba, está nos planos da equipe alvinegra

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

23 de dezembro de 2016 | 19h07

Na busca por reforços para o ataque, a diretoria do Corinthians abriu negociações com o Coritiba para tentar a contratação do atacante Colin Kazim. O jogador de 30 anos, que é inglês naturalizado turco, foi um dos principais jogadores da equipe paranaense na temporada e se enquadra no perfil que os corintianos procuram para reforçar o setor. 

Representantes do Corinthians entraram em contato recentemente com os agentes do jogador para saber a disponibilidade e o interesse em defender o clube. Com a resposta positiva, o clube entrou em contato com o Coritiba e pretende fazer negócio envolvendo troca de jogadores ou uma quantia pequena financeira.

Kazim chegou ao Coritiba com a missão de substituir a lacuna de ídolo deixada pelo meia Alex, que se aposentou. Entretanto, embora tenha feito alguns bons jogos, não conseguiu chegar a se tornar referência na equipe. O jogador tem contrato até o fim do ano que vem, o que pode facilitar a negociação, já que o time paranaense pode perdê-lo de graça no meio do ano que vem.

Em 25 jogos com a camisa do Coritiba, o turco marcou apenas três gols. Antes do Coxa, Kazim passou pelo Fenerbahce-TUR, Galatasaray-TUR, Feyenoord-HOL e Celtic-ESC. Ele tem como principal característica a força dentro da área e a diretoria corintiana procura por um centroavante, já que o elenco conta com várias opções para atuar pelas pontas do ataque, mas o único que tem como principal característica ser referência na área é Gustavo, que decepcionou e deve ser emprestado. 

O Corinthians não trabalha com um número fixo de reforços para a próxima temporada, mas a meta é contratar pelo menos em quatro posições. Dois zagueiros, um volante, um meia e um atacante devem chegar. Até o momento, chegaram ao clube os atacantes Jô e Luidy.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansCoritibaAlexGustavo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.