Corinthians tenta derrubar líder na Copa Libertadores

Uma vitória nesta quinta-feira contra a Universidad Católica, às 22h30 (de Brasília), em Santiago, deixará o Corinthians muito perto da vaga nas oitavas-de-final da Libertadores. Se vencer os chilenos, o time treinado por Ademar Braga se iguala na liderança do Grupo 4, com 10 pontos, e pode depender apenas de um empate em casa contra o Deportivo Cali, na última rodada.Um empate também não será catastrófico. Independentemente dos outros resultados, o Corinthians se classificará com uma vitória por pelo menos três gols contra o Deportivo Cali, saco de pancadas do grupo.Consciente disso, o técnico Ademar Braga resolveu mexer na equipe, com a saída de Roger e a entrada de Carlos Alberto, a quem o técnico considera melhor para colaborar com a marcação. Outra alteração é a entrada de Wendel no lugar de Marcus Vinícius, contundido. A Universidade está em situação bem menos complicada: se vencer nesta quinta, já garante a classificação.Se o Corinthians entra em campo nesta quinta, o rival Palmeiras acompanha atentamente a partida entre Rosario Central e Cerro Porteño, às 20h15 (de Brasília), em Rosario. Se o time argentino, que tenta sua cartada final, conquistar sua primeira vitória no Grupo 7, o time do Palestra Itália garante antecipadamente sua classificação para a próxima fase.Pelo Grupo 5, quem joga suas últimas fichas é o Universitario, do Peru, que visita a LDU, em Quito, às 18h (de Brasília). O time equatoriano é o vice-líder da chave, com seis pontos, seis a menos que o líder Vélez Sarsfield, enquanto os peruanos, lanternas com apenas um ponto, tentam a vitória para continuar respirando.

Agencia Estado,

06 de abril de 2006 | 08h36

Tudo o que sabemos sobre:
libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.