Ueslei Marcelino/Reuters
Ueslei Marcelino/Reuters

Corinthians tenta empréstimo do atacante Bernard

Atacante está insatisfeito no clube ucraniano

O Estado de S.Paulo

09 Março 2015 | 19h03

O Corinthians busca o empréstimo de Bernard, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O empresário do atacante, Giuliano Bertolucci, tenta viabilizar o negócio com os dirigentes ucranianos.

Revelado pelo Atlético-MG, Bernard está no Shakhtar desde agosto de 2013, mas não se adaptou ao clube. Em janeiro, durante excursão da equipe pelo Brasil, o técnico Mircea Lucescu bateu forte no comportamento do jogador em entrevista do jornal Zero Hora. “Bernard só chora. Só veio tomar dinheiro”, reclamou. O atacante chegou a ser multado por se atrasar à representação da equipe.

Bernard seria o quarto atacante de velocidade do Corinthians para jogar pelas beiradas do campo. Tite já conta com três jogadores com essas características: Malcom, Emerson e Mendoza.

O  Shakhtar pagou 25 milhões de euros por Bernard (R$ 84 milhões pelo câmbio atual). Se o atacante for bem na Libertadores pelo Corinthians, seria a chance de o clube ucraniano tentar recuperar o dinheiro investido.

Bernard recebe cerca de R$ 1 milhão por mês no Shakhtar. O teto salarial do Corinthians é de R$ 500 mil. Se o Corinthians conseguir o empréstimo do atacante, ele só poderá ser inscrito na próxima fase da Libertadores.

Mais conteúdo sobre:
Futebol Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.