Corinthians tenta segurar Dida

O Corinthians vai jogar pesado para ficar com Dida. O goleiro fica sem contrato em 30 de julho e, a princípio, no dia seguinte terá de se apresentar ao Milan, da Itália, clube que detém os seus direitos federativos. Porém, muito antes disso, os dirigentes esperam resolver a pendência. ?A qualidade técnica e a experiência de Dida são responsáveis diretas pela estabilidade emocional e pelo sucesso do time. E a sua permanência é muito importante?, acredita o técnico Carlos Alberto Parreira.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.