Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Corinthians tenta superar 16 desfalques contra o Bahia pelo Brasileirão

Equipes se enfrentam nesta quinta-feira, às 19h, na Arena Fonte Nova, em jogo adiado da 30ª rodada

João Prata, O Estado de S.Paulo

28 de janeiro de 2021 | 05h00

O Corinthians tem 16 desfalques para enfrentar o Bahia nesta quinta-feira, às 19h, na Arena Fonte Nova, em jogo adiado da 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dez por covid, quatro por lesão e dois estão suspensos. A extensa lista de problemas pode abrir espaço para Gabriel Pereira, de 19 anos, no time titular. Também será a oportunidade para Jonathan Cafu, contratado em novembro, voltar a ser relacionado - há nove jogos que ele não fica nem na reserva. 

Todos os infectados pelo coronavírus estão assintomáticos e isolados em suas casas: Danilo Avelar, Luan, Everaldo, Mantuan, Léo Santos, Gabriel Castellani, Walter, Ruan Oliveira, Ramiro e Matheus Davó. Os machucados são Cazares, Jemerson, Lucas Piton e Roni. E por terem levado o terceiro cartão amarelo na derrota para o Red Bull Bragantino, Otero e Léo Natel ficam de fora.

Se com boa parte desses jogadores Vagner Mancini viu a equipe fazer uma péssima partida na última segunda-feira, agora o treinador terá de quebrar a cabeça para colocar o Corinthians novamente no rumo. São sete jogos ainda para serem disputados e seis pontos de diferença para o sexto colocado, o último com vaga garantida para a Libertadores.

Mancini sabe que é difícil, mas depois de ter feito a equipe engrenar e se distanciar da zona de rebaixamento, mantém o fio de esperança. “Nós mudamos a meta, sim, porque atingimos a primeira, mas a segunda é mais difícil. Os adversários vêm bem, não da para achar que vai chegar, tem que merecer. E ficamos distantes. Mas não vamos nos abater ou jogar a toalha’’, disse o treinador.

Mancini admite que o time pode jogar mais. “Então, é hora de ajustes, aprender com os erros e melhorar, alcançar o segundo objetivo. Eu torço para o Corinthians, para mais ninguém. Sou fundamentado no meu trabalho, que faço diariamente, para ver uma equipe evoluindo.”

Na zaga, Bruno Méndez forma dupla com Gil. No meio, Cantillo entra no lugar de Ramiro. Matheus Vital pode jogar centralizado na vaga de Cazares. Gabriel Pereira completaria o ataque com Gustavo Mosquito e Jô. “Os pontos não voltarão mais, sentimos, mas não podemos nos abater. Agora temos de buscar os pontos fora de casa para reequilibrar a campanha”, encerrou Mancini.

FICHA TÉCNICA:

BAHIA X CORINTHIANS

BAHIA: Douglas; Nino Paraíba, Ernando, Juninho é Matheus Bahia; Gregore, Ronaldo, Ramirez, Rossi e Thiago; Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Gabriel, Cantillo, Gustavo Mosquito, Mateus Vital e Gabriel Pereira (Camacho); Jô. Técnico: Vagner Mancini. 

ÁRBITRO: Ricardo Marques (MG). 

LOCAL: Arena Fonte Nova. 

HORÁRIO: 19h.

NA TV: Pay-per-view

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.