Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Corinthians tentará acabar com retrospecto negativo contra o Cruzeiro

Equipes se enfrentam no sábado, às 19h, no estádio do Mineirão, pela oitava rodada do Brasileirão

João Prata, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2019 | 04h30

O Corinthians perdeu para o Cruzeiro nos últimos três encontros. No ano passado, o time paulista foi superado pelo rival por duas vezes na Copa do Brasil e mais outra no Campeonato Brasileiro. As equipes voltam a se enfrentar no sábado, às 19h, no estádio do Mineirão, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

A última vitória do Corinthians sobre a equipe mineira foi no primeiro turno do Brasileirão do ano passado, quando fez 2 a 0 com dois gols de Romero. Depois, encarou o Cruzeiro e perdeu por 2 a 1 no jogo de ida da decisão da Copa do Brasil, no Mineirão. Na volta, na arena em Itaquera, novo tropeço. Desta vez por 2 a 1, resultado que deixou a equipe paulista com o vice-campeonato.

O mais recente encontro aconteceu em novembro do ano passado pelo Brasileirão. Na época, o Corinthians despencava pela tabela do Campeonato Brasileiro com uma equipe que tinha dificuldade para atacar e finalizar na meta do adversário. O Cruzeiro venceu por 1 a 0 com gol de David.

Na partida de sábado, o Corinthians terá de superar a eliminação na Copa do Brasil para o Flamengo e assim tentar acabar com a sequência de resultados negativos. No Campeonato Brasileiro, o time alvinegro vem de duas vitórias consecutivas, sobre o Athletico-PR (2 a 0) e São Paulo (1 a 0). 

O técnico Fábio Carille ainda não deu pistas da escalação. A tendência é que mantenha a formação que perdeu para o Flamengo por 1 a 0 na quarta-feira. As mudanças serão a entrada de Walter no lugar de Cássio, convocado para a seleção brasileira, e a presença de Marllon na vaga de Manoel, que pertence ao Cruzeiro. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.