Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Corinthians terá rede personalizada de lanchonetes

Meta da diretoria é abrir 130 lojas

O Estado de S.Paulo

09 de outubro de 2015 | 07h00

O Corinthians vai abrir uma franquia de lanchonetes em shoppings, centros comerciais e lojas express. A previsão da diretoria é ter até 130 unidades em todo o País. As lojas serão caracterizadas com layout, ambiente e cardápio que remetem à história e aos títulos do clube e seus ídolos.

"A rede de fast food é uma oportunidade para estarmos ainda mais próximos dos nossos torcedores. Tenho certeza de que a marca e o relacionamento com os corintianos serão fortalecidos e, de quebra, ainda teremos uma nova e importante fonte de receita", diz Gustavo Herbetta, superintendente de marketing do Corinthians.

A operação da rede será responsabilidade da empresa Sportfood, que já opera a Hamburgueria 1903, do Grêmio, e trabalha no processo de implantação do Cruzeiro Esporte Burguer (Cruzeiro), da Casa do Almirante (Vasco), Cantina Palestra (Palmeiras), Belmiro’s (Santos) e do Caldeirão Tricolor (Bahia).

“Somente com alimentação, a torcida corintiana gasta R$ 55 bilhões por ano, o que caracteriza o maior potencial de consumo do Brasil. A rede de alimentação permitirá ao clube estar presente no dia a dia dos seus torcedores, com um produto de qualidade e preços competitivos, em um ambiente que encha a fiel de orgulho”, afirmou Herbetta.

 A diretoria já disponibilizou um pré-cadastro para interessados em abrir uma unidade da franquia. O investimento inicial é a partir de R$ 400 mil.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.