Corinthians terá Rodrigo e Rincón domingo

Os jogadores e o técnico Oswaldo de Oliveira pediram a ajuda dos torcedores corintianos no domingo, na partida decisiva contra a Portuguesa Santista, no Pacaembu. Uma derrota nesse jogo pode rebaixar o Corinthians para a segunda divisão do Paulista. "Mais do que nunca precisamos do apoio da torcida", diz o meia Rodrigo, que pode retornar à equipe. "O clube conquistou o maior título de sua história (o Mundial de Clubes, em 2000) graças ao apoio de seus torcedores na final contra o Vasco, no Maracanã. Imagine, então, agora", observa o técnico. Rodrigo, porém, não quer ser visto como ?salvador da pátria? pela torcida. "Entendo toda essa expectativa em torno da minha volta, mas um jogador sozinho não pode ser responsável pela equipe inteira." Rincón joga - Outra boa notícia: o volante Rincón, que levou uma forte pancada no pé direito, na derrota para o América, domingo, em Rio Preto, deve ter condições para enfrentar a Portuguesa. Com a volta de Rodrigo, o colombiano jogará como segundo volante, posição na qual se adapta melhor.Andrés Sanches - A assessoria de Imprensa do Corinthians confirmou hoje a saída do vice-presidente de esportes terrestres, Andrés Sanches. O dirigente não quis revelar as razões que o levaram a se desligar do cargo, mas disse que vai continuar trabalhando pelo clube como conselheiro. A demissão de Andrés criou certo mal-estar entre os jogadores, que gostavam do dirigente. Oswaldo de Oliveira também não ficou feliz com a situação, por entender que a instabilidade política "interfere muito" no desempenho da equipe. "O que mais precisamos, no momento, é de estabilidade dentro e fora de campo.?

Agencia Estado,

09 de março de 2004 | 19h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.