Corinthians: Time preparado para crise

Os jogadores do Corinthians deixaram o gramado do Estádio Orlando Scarpelli na certeza de enfrentar uma grande crise a partir desta quinta-feira no Parque São Jorge. Os mais experientes do grupo, como Tevez, Carlos Alberto e Roger, foram rapidamente para o vestiário após a derrota nos pênaltis para o Figueirense, que eliminou a equipe nas oitavas-de-final da Copa do Brasil.A responsabilidade de responder as perguntas ficou para os mais jovens. "É um momento difícil para a gente que está chegando agora e que vem de baixo", afirmou o goleiro Tiago, de 21 anos, que substituiu Fábio Costa e defendeu um pênalti na decisão. Foi seu segundo jogo oficial com a camisa 1 do Corinthians.O zagueiro Betão, que soube que não iria jogar no vestiário, foi mais enfático. "Ainda é cedo para saber o que vai acontecer. Primeiro, vamos sentar e conversar."A delegação corintiana desembarca nesta quinta no começo da noite no Aeroporto de Congonhas. Vai treinar sexta e sábado para encarar o clássico de domingo diante do São Paulo, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Nesta competição, em duas rodadas, a equipe ainda não venceu. Empatou com o Juventude e perdeu para o Botafogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.