Corinthians: ?treino de luxo? no Piauí

De olho no clássico com o Santos, domingo, os corintianos fazem um treino de luxo nesta quarta-feira, no Piauí. Contando com quase todos os titulares, o time enfrenta o Flamengo-PI, às 21h40, em Teresina, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. O técnico Wanderley Luxemburgo proibiu, nos últimos dias, seus jogadores de falarem sobre a partida do fim de semana. Quer concentração na Copa do Brasil. O elenco, no entanto, está preocupado mesmo com o Santos. Afinal, o adversário de amanhã à noite não tem nenhuma tradição e dificilmente dará trabalho aos paulistas.Os piauienses surpreenderam ao eliminar, na segunda etapa da competição, o Sport-PE. Contaram, porém, com a ajuda do técnico do time pernambucano, Levir Culpi, que pôs em campo um time misto, preferindo dar prioridade à final da Copa do Nordeste. Acabou perdendo as duas. "Nada mais me surpreende no futebol", declarou Luxemburgo, demonstrando respeito com o Flamengo. O treinador acostumou-se com as "zebras no futebol" na época em que dirigiu a seleção brasileira, derrotada, em 2000, para adversários como Paraguai e Chile.Luxemburgo adotou uma estratégia diferente para a partida desta quarta. Quer seus jogadores bem descansados. Por isso, a delegação está em Teresina desde a noite de segunda-feira. Ontem, todos foram liberados para dormir pela manhã. À tarde, o treinador comandou um treino no Estádio Albertão, local do jogo. "Viajamos antes para que todos pudessem descansar mais."A comissão técnica está usando todos os artifícios para que os atletas estejam bem fisicamente na partida diante do Santos, que passará a semana toda apenas treinando.Paulo Nunes, que se recupera de contusão, e Fábio Luciano, suspenso, nem viajaram com o grupo. O atacante Müller pode reestrear no Corinthians. O jogador, que teve passagem ruim pelo clube em 2000, foi dispensado e retornou há duas semanas a pedido de Luxemburgo, deverá ficar no banco, podendo entrar durante a partida. Otacílio retorna ao meio-de-campo no lugar de Marcos Senna.Nesta fase, uma vitória por dois ou mais gols de diferença na casa do adversário não elimina o jogo de volta. Nas etapas anteriores, o Corinthians passou por Joinville e Goiânia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.