Eduardo Nicolau/AE - 29/8/2010
Eduardo Nicolau/AE - 29/8/2010

Corinthians ultrapassa Flamengo e se torna marca mais valiosa

Clube alvinegro atinge R$ 749,8 milhões com centenário da equipe e contratação de Ronaldo

AE, Agência Estado

13 de dezembro de 2010 | 08h03

Dono da maior torcida do Brasil, o Flamengo segue poderoso, mas já não ostenta a liderança do ranking das marcas mais valiosas do futebol nacional. As muitas ações de marketing desde a chegada de Ronaldo e, principalmente, do centenário do clube, além da grande presença de público nos estádios, levaram o Corinthians a se tornar a marca de maior valor em 2010: R$ 749,8 milhões.

Veja também:

linkPaulistas aproveitam melhor o mercado

linkValor do Manchester supera R$ 3 bi

No estudo realizado pela Crowe Horwath RCS, o São Paulo também conseguiu importante avanço e assumiu o segundo lugar, com R$ 659,8 milhões. O Flamengo agora é o terceiro, com a marca avaliada em R$ 625,3 milhões. Enquanto o Palmeiras se manteve na quarta posição (R$ 444,1 milhões), o Vasco ganhou duas em relação a 2009 e agora é sétimo. O campeão brasileiro Fluminense, curiosamente, caiu uma colocação.

A metodologia utilizada pela Crowe Horwath RCS tem 18 diferentes variáveis entre dados financeiros históricos dos clubes, informações publicadas em pesquisas com torcedores, dados de marketing esportivo, hábitos de consumo da torcida e dados sociais e econômicos do mercado em que atuam os clubes analisados. Os valores diretamente relacionados ao cálculo do valor da marca foram consolidados em quatro macro receitas: marketing, estádio, sócios e mídia.

Embora alguns clubes tenham crescido mais que outros, os 12 maiores apresentaram evolução nos últimos anos. Líder em 2009, o Flamengo perdeu duas posições e passou a ser o terceiro em função da evolução da receita - sem considerar transferências de atletas - de seus concorrentes diretos, Corinthians e São Paulo.

Os três, porém, levam vantagem em relação à maioria dos outros clubes porque não perdem grande participação entre o público feminino e crescem consideravelmente entre os torcedores de 16 a 24 anos. "O estudo mostra um crescimento do Flamengo em valor de marca, só que inferior ao registrado por Corinthians e São Paulo. Ou seja, todos estão crescendo, a diferença está no ritmo de cada um", afirmou Amir Somoggi, responsável pelo trabalho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.