Rodrigo Coca / Corinthians
Rodrigo Coca / Corinthians

Corinthians vai à Bombonera atrás da vaga antecipada nas oitavas da Libertadores

Jogo contra o Boca Juniors acontece nesta terça-feira, ainda sob os efeitos da acusação de racismo de Edenilson contra Rafael Ramos

Almir Leite, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2022 | 05h00

O Corinthians tem dois obstáculos a superar nesta terça-feira em La Bombonera, e de certa forma um está relacionado ao outro. Uma vitória sobre o Boca Juniors, em jogo que começa às 21h30, classificará a equipe para as oitavas de final da Copa Libertadores. Porém, para neutralizar um adversário normalmente forte em sua casa, terá de mostrar que o episódio de racismo que envolve o lateral-direito Rafael Ramos não abalou os jogadores.

A equipe do técnico Vitor Pereira lidera o Grupo E após quatro rodadas com sete pontos. Os argentinos têm seis. Deportivo Cali, da Colômbia, com cinco, e Always Ready, da Bolívia, com quatro, vêm a seguir.

O lateral português está sendo investigado pela acusação de ter chamado de "macaco Edenilson, do Internacional, no jogo de sábado pelo Campeonato Brasileiro. Está na Argentina com o Corinthians mesmo sem poder jogar - não foi inscrito na fase de grupos da Libertadores. O clube diz que sua ida a Buenos Aires já estava prevista, mas é também uma maneira de afastá-lo um pouco da polêmica.

A lateral-direita, aliás, é problema para Vítor Pereira. Fagner, o titular da posição, não se recuperou de um entorse no tornozelo direito e está fora. João Pedro também está machucado. Assim, ele deverá improvisar Gustavo Mosquito ou Mantuan como ala pela direita e escalar três zagueiros.

A partida desta quarta-feira será a primeira do português no caldeirão do Boca. E ele sabe que não terá vida fácil. “Eu nunca fui à Bombonera. Mas já assisti a grandes clássicos argentinos e, de fato, é um ambiente muito bonito. Sabemos que vai ser um jogo complicado”', prevê.

SALDO NEGATIVO

O Corinthians já esteve seis vezes na Bombonera. Perdeu quatro vezes, empatou uma e venceu apenas no distante ano de 1961. E nas últimas quatro partidas como visitante pela Libertadores não conseguiu ganhar. Desde 2018, quando fez 7 a 2 no Deportivo Lara na Venezuela, não volta para casa com os três pontos.

FICHA TÉCNICA

BOCA JUNIORS x CORINTHIANS

BOCA JUNIORS: Agustín Rossi; Advíncula, Zambrano, Izquierdoz e Fabra; Pol Fernández, Varela e Romero; Salvio, Benedetto e Zeballos.

Técnico: Sebástian Battaglia.

CORINTHIANS: Cássio; Gil, João Victor e Fábio Santos; Gustavo Mosquito (Mantuan), Du Queiroz, Maycon, Giuliano (Renato Augusto) e Lucas Piton; Róger Guedes (Willian) e Jô.

Técnico: Vítor Pereira.

Árbitro: Christian Ferreyra (URU)

Horário: 21h30.

Local: La Bombonera.

Transmissão: SBT e ESPN.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.