Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Corinthians vai ao tapetão contra Paysandu

O fraco desempenho do time em campo não inibe a ação da diretoria no tapetão. O Corinthians entrou ontem no STJD com um recurso pedindo os dois pontos perdidos no empate por 2 a 2 contra o Paysandu, domingo, em Belém do Pará. O argumento do advogado corintiano, João Zanforlin: o Paysandu usou dois jogadores em situação irregular: Júnior Amorim e Aldrovani.De acordo com a petição protocolada ontem à tarde no STJD, opresidente do Paysandu, Tourinho Neto, estava cumprindo suspensão de 30dias e não poderia responder pelo clube. Foi ele que assinou toda apapelada ´regularizando´ as contratações dos referidos jogadores - bemcomo Borges Neto, que não enfrentou o Corinthians.Antes da viagem ao Rio, Zanforlin disse que o Corinthians se viuobrigado a recorrer depois que o presidente interino do STJD, PauloCesar Salomão, sugeriu, antecipadamente, uma vitória corintiana norecurso. "O presidente Dualib não gosta de tapetão. Acha que o timedeve ganhar em campo. Mas depois do que disse o presidente em exercíciodo STJD o Corinthians não tem outra alternativa", disse o advogadocorintiano.Os dois pontos que o Corinthians deve ganhar no ´tapetão´ não devemelhorar tanto a situação da equipe no Campeonato Brasileiro.Contrariando até mesmo a opinião do técnico Geninho, os jogadores jánão acreditam mais numa reação até o título. "Aqui ninguém vai jogar atoalha, mas temos de ser realistas. Melhor seria lutar por uma vaga naLibertadores em vez de ficarmos sonhando com o título. Não dá prá taparo sol com a peneira: ficou muito difícil", observa o capitão Rogério.Até a matemática está sendo desprezada no Parque São Jorge. Em 10ºlugar na tabela, com 38 pontos ganhos, e tendo ainda 19 jogos pelafrente, na teoria o time ainda pode chegar. O problema é que ospróprios jogadores já não aguentam mais justificar tantos resultadosnegativos. "Não dá para ficar fazendo contas depois de cada jogo",reconhece Jamelli. "A situação ficou difícil".Domingo, contra o Inter, no Pacaembu, o time terá o reforço deLiedson, que não enfrentou o Vasco porque cumpriu suspensão peloterceiro cartão amarelo. Há também uma chance de André Luiz jogar. Ovolante se submeterá a um teste de campo, nesta sexta-feira, e se não sentir a lesão no músculo adutor da coxa esquerda pode reforçar a equipe. Em compensação, Fabrício (entorse no tornozelo direito) e Gil (contratura no músculo adutor da coxa esquerda) já foram vetados pelo Departamento Médico.

Agencia Estado,

21 de agosto de 2003 | 12h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.